24 de jun de 2016

Levará o desmembramento da Europa ao início da formação do reino da besta (o anticristo)?

Nestas últimas horas, o mundo mudou de forma dramática.
A Europa dos 28 não será mais a mesma. Não só a saída da Inglaterra. mas também de outras nações europeias que em breve lhe seguirão o rasto causará uma total desfragmentação e necessária reformulação das nações que compunham o antigo império romano e que agora têm formado a União Europeia.
Muitas cambalhotas vão ser dadas até que surja o "mago", o grande protagonista que surgirá de uma confederação de "10 reinos", cumprindo com precisão as profecias bíblicas reveladas por Daniel e pelo apóstolo João.
Não conhecemos todos os próximos passos que os políticos europeus irão agora propôr. Amanhã mesmo haverá uma reunião que juntará os 6 estados fundadores da União Europeia.
Uma coisa é certa: o caminho de preparação para o "império da besta" está aberto, e vai ser percorrido a uma velocidade estonteante, ou não estivéssemos nas vésperas do ano 2017...
E enquanto a maioria do populacho continua inebriada com as festas joaninas e com a idolatria do futebol, sem se aperceberem que o mundo jamais será o mesmo a partir de agora, "os sábios entenderão"...
Esses (sábios) são aqueles cuja agenda é determinada pela Palavra de Deus, Seus avisos e sinais de alerta, e que não colocam a sua fé e confiança em líderes humanos, mas no Senhor que "remove reis e estabelece reis."
Esses são os cidadãos do Reino que "subsistirá para sempre", e do qual também faço parte, unicamente pela inexplicável misericórdia do Senhor Deus. Meu desejo sincero é que Você e eu possamos estar juntos no conhecimento desta realidade.

Publicado em Shalom Israel


22 de jun de 2016

Israelenses lançam o `Google da Bíblia´ com artigos e tour pelos pontos turísticos

Projeto foi desenvolvido em cinco anos por uma equipe de dez pesquisadores que não queriam apenas uma Bíblia, mas uma plataforma com artigos acadêmicos, lições, comentários e mapas bíblicos.
Uma faculdade israelense lançou na última terça-feira (14) o “Google da Bíblia”, um site interativo com informações sobre as Escrituras e o povo judeu.
A plataforma, criada por pesquisadores da Herzog College, no sul de Jerusalém, tem permissão do Google para levar o nome da marca.
O projeto é fruto de cinco anos de trabalho, realizado por uma equipe de dez pesquisadores que não queriam apenas desenvolver uma Bíblia, mas incluir também artigos acadêmicos, lições religiosas e comentários bíblicos.
Através de ferramentas do Google Mapas, o site também permite que os usuários façam pequenos “tours” pelos locais bíblicos de Israel.
Segundo o diretor do Herzog College, o rabino Yehuda Dr. Brandes, o projeto inclui um extenso conteúdo acumulado ao longo de 50 anos de pesquisa.
"Este é mais um passo para o renascimento do estudo da Bíblia em Israel e na diáspora [comunidades judaicas pelo mundo], tornando a Bíblia o fundamento da identidade de israelense e judeus, através de uma conexão com o passado e o futuro”, disse Brandes.
Mais de ILS 10 milhões (equivalente a R$ 8.885.000) foram investidos no site. A Herzog College está buscando investidores para que os pesquisadores possam prosseguir no projeto de tradução, que pretende incluir mais cinco línguas no site até 2017
Acesse o site, que está disponível em inglês e hebraico, no link www.hatanakh.com.
Usando o Google Tradutor, você acessa em sua própria língua

Publicado em Guia-me com informações de Jewish News Service via CPAD


Guerra entre o anjo e o diabo por Moisés na novela "Os Dez Mandamentos"

Será que realmente Moisés morreu ou foi levado para Deus? Entenda a verdade bíblica sobre esse assunto!
Na última semana da nova temporada da novela “Os Dez Mandamentos”, será exibido a morte de Moisés. Papel bíblico protagonizado por Guilherme Winter, que atualmente acabou ganhando a estatueta de melhor ator de 2015, pelo “Troféu Imprensa”, atração comandada por Silvio Santos.
Logo após a morte, haverá uma disputa entre um anjo e o diabo pelo corpo do libertador. Cenas exclusivas que nenhuma das produtoras que fez os filmes, baseado na saga de Moisés, realizou. O que muita gente não sabe que Deus enviou o Arcanjo Miguel para proteger o corpo de Moisés contra o diabo no Monte Nebo.
Alexandre Avancini, diretor da novela, em declaração em uma entrevista, para o jornal “O Dia”, por Léo Dias, promete fazer um trabalho perfeito nesta luta do anjo, por ser uma cena importante. Inclusive, o filho de Walter Avancini, afirma que a cena da morte de Moisés será um ponto alto na tela da Record.

Porque Moisés não entrou em Canaã?
Porém, nos últimos capítulos, Moisés acaba perdendo a paciência quando o povo hebreu pede água. Deus então dá uma ordem a Moisés para ele falar com a rocha, para que a mesma possa lhe dar água. Por não controlar a raiva, Moisés então fere a rocha por duas vezes, e a água jorra para o povo beber.
Por não acreditar nas palavras de Deus, o Senhor então avisa a Moisés que ele não conduzirá os hebreus para Canaã e nem entrará nela, por desobedecê-lo em não falar com a rocha, mas sim, a ferir por duas vezes. Confirme essas informações no livro Números Capítulo 20, versículos 7 a 12.

Morte de Moisés
Depois deste episódio, Deus faz Moisés avistar a terra prometida de longe, em cima do Monte Nebo, nas campinas de Moabe. Neste monte, Moisés morre depois de olhar Canaã. Quando Josué (Sidney Sampaio) sobe no Monte para procurar por Moisés, ele não o encontra.
Josué, o novo líder indicado pelo próprio Deus, avisa a todo povo que Moisés já não está entre nós, e por isso o povo passa 30 dias em pranto. Confira a informação na Bíblia, no livro Deuteronômio, capítulo 34, a partir dos versículos 1 ao 8. Pois a equipe da Record, responsável pela novela, está seguindo a risco, a história de Moisés na Bíblia.

O anjo e o diabo
Porque Josué não conseguiu encontrar o corpo de Moisés?
Deus não queria que o povo soubesse onde estava o corpo, para não haver idolatria, e nem o diabo pegasse os ossos para fazer essa idolatria acontecer entre as pessoas. No livro de Judas, logo no capítulo 1 e no versículo 9, o trecho fala que o diabo aparece no Monte para encontrar o corpo, mas é impedido pelo Arcanjo Miguel, que aparece e briga contra ele, que por fim, o repreende com a ordem do Senhor.

Deus leva Moisés
Quando Moisés morreu no monte, Deus o ressuscitou e o levou para o seu reino, pois no livro de Mateus, no capítulo 17, nos primeiros versículos, o mesmo Moisés, juntamente com o profeta Elias, aparecem diante de Jesus, no Monte da transfiguração, como ficou conhecido.

Cena em produção
A autora Vivian de Oliveira já escreveu esse fato bíblico da luta do anjo, e o diretor já está em ação para gravar essa sequência ao lado da Produtora Casablanca no próprio Rio, como foi o caso das gravações da terra se abrindo. Avancini já confirmou que já fez um desenho em storyboard, para se ter uma ideia de como vai ficar essa cena especial da última semana.

Publicado em Blasting News


20 de jun de 2016

Voltar às raízes: gregos recomeçam a rezar aos deuses antigos

O culto dos deuses antigos está regressando à Grécia. Recentemente, se tornaram populares as igrejas do país que patrocinam o culto das personagens mitológicas, relata o portal Greek Reporter.
Os seguidores do culto politeísta já instalaram várias áreas dedicadas a rezar aos deuses gregos. Por sua vez, o cristianismo é considerado como uma religião que substituiu as práticas religiosas dos gregos antigos e que, em alguns aspectos, o terá feito através da violência.
Um desses grupos se chama Conselho Supremo dos Helenos Étnicos, fundado em 1997. Os seguidores desse grupo visam restabelecer o politeísmo e a tradição étnica dos tempos antigos. Além disso, há eventos especiais que celebram os tempos antigos da Grécia.
Por exemplo, o festival Prometheia é uma celebração anual dedicada ao "velho espírito" e que tem sido realizado desde há 21 anos. Tendo lugar no sopé do monte Olimpo — "casa" dos 12 deuses da Grécia antiga — é mais que um evento, fazendo os gregos "voltar às suas raízes", escreve o portal.

The 19th Prometheia Festival, took place at the foot Mt Olympus.http://t.co/LcrfbcUF08 pic.twitter.com/pDn8fBHs4j
— ArchaiaStory (@ArchaiaStory) 6 июля 2014 г.

​No entanto, existem aspectos destes movimentos que não são pacíficos. Recentemente, “os seguidores de Zeus” destruíram uma igreja ortodoxa na ilha de Creta. É apenas um dos vários incidentes semelhantes que ocorreram no país.

Publicado em Sputinik


18 de jun de 2016

Perdoar faz (muito) bem à saúde

Um novo estudo mostrou que pessoas que perdoam conseguem eliminar os efeitos negativos do stress na saúde física e mental.
Estudo publicado recentemente no periódico científico Psychology Journal of Health mostra que pessoas com mais facilidade para perdoar a si mesmas e aos outros estão mais protegidas dos males do stress.
De acordo com informações da revista americana Time, pesquisadores da Luther College e da Universidade da California, ambas nos Estados Unidos, pediram que 148 jovens adultos preenchessem questionários que avaliaram níveis de stress durante a vida, a tendência para perdoar e a saúde física e mental.
Os pesquisadores identificaram que, apesar do nível de stress pelo qual passaram, entre os indulgentes os problemas físicos e mentais decorrentes da vida estressante desapareciam. Exatamente. Desapareciam.
Stress aumenta risco de morte por doença no fígado “O ato de perdoar funciona como uma espécie de amortecedor contra o estresse.
Se você não tem tendência para perdoar, sente os efeitos brutos do stress de forma absoluta “, disse Loren Toussaint, professor de psicologia na Luther College e principal autor do estudo.
Embora não possam afirmar categoricamente de que forma a indulgência protege a saúde contra os males do stress, os pesquisadores acreditam que pessoas mais tolerantes tenham mais habilidade para lidar com as adversidades da vida ou ainda podem ter uma reação mais suave em situações estressantes.
Toussaint acredita que todas as pessoas podem aprender a perdoar. Segundo ele, a prática é comumente trabalhada em sessões de terapia. “O perdão elimina a conexão entre estresse e doença mental. Eu acho que a maioria das pessoas quer se sentir bem e o perdão lhes oferece essa oportunidade.”, conclui.

Publicado em Veja


16 de jun de 2016

Justiça mantém decisão e totem religioso permanece em Sorocaba

Processo durou mais de três anos, entre julgamento e apelação.
Ação para retirada de placa polêmica foi registrada pelo MP em 2013.
O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão que negou pedido do Ministério Público para remover o totem com dizeres religiosos na avenida Dom Aguirre, em Sorocaba. O julgamento da ação, que alegava que a placa com a frase "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo" violava os "princípios constitucionais da liberdade de crença e do Estado laico", ocorreu na terça-feira (14).

Vigília para defender totem religioso conta com mais de 100 pessoas
A ação para retirada da escultura foi impetrada pelo Ministério Público e contestada pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Negócios Jurídicos (SEJ). A decisão foi tomada em segunda instância em 2014 e o processo, entre julgamento e apelação, durou mais de três anos. O totem foi instalado na entrada da cidade pela rodovia Senador José Ermírio de Moraes, conhecida como Castelinho, em 2006.
Vencida em primeira instância, o desembargador Oscild de Lima Júnior entendeu não haver ofensa à liberdade religiosa ou laicidade do Estado. “O Brasil foi colonizado e formado dentro dos parâmetros da civilização cristã. Este é um fato indesmentível a que não se pode fugir, tornando a questão muito mais cultural do que religiosa. A prevalecer a tese sustentada pelo autor, pergunta-se como seria feita esta depuração religiosa cultural? Quantos milhares de ações civis públicas terão que ser propostas para afastar essa tradição cristã? Sem perder de vista o fato de o Brasil ter tido o catolicismo como religião oficial por mais de 300 anos.”

Entenda o caso
No ano de 2013, o Ministério Público entrou com uma ação civil pública após uma representação feita por dois estudantes de direito. O totem foi alvo de vandalismo diversas vezes e gerou polêmica entre os moradores após uma sentença do TJ determinar que a placa fosse retirada em um prazo de 10 dias, com pena de multa de R$ 1 mil por cada dia de atraso.
Veja mais sobre o caso desde 2008: Aqui, Aqui e Aqui.

Publicado em G1


Igrejas ocupam um quinto da TV aberta; campeã é RedeTV!, diz Ancine

Um mapa do tipo de conteúdo que ocupou as emissoras abertas em 2015, realizado pela Ancine, mostra que uma a cada cinco horas de programação da TV aberta é ocupado por programação religiosa.
Segundo o estudo, antecipado nesta quinta pelo jornal "O Globo", igrejas ocuparam 21,1% da programação, que envolve canais VHF e UHF.
Entre os canais VHF, os principais, a campeã de vendas de horários para igrejas é a RedeTV!, com 43,4% de sua grade vendida para a igreja Universal; é seguida pela Record, que há anos vende suas madrugadas também para a Universal (21,7%).
Entre os canais UHF, o campeão foi a CNT, com quase 90% de grade vendida.
O único canal aberto que não tem nenhum minuto vendido ou cedido a igrejas é o SBT. Mesmo a Globo cede semanalmente cerca de 1h para a Igreja Católica com a "Missa em seu Lar".
No caso da RedeTV!, além dos quase 45% de horários vendidos para religiões, ainda há, no mínimo, outros 25% destinados à publicidade, o que faz que haja menos de 30% de conteúdo propriamente dito.
Há várias suspeitas de irregularidades nessa venda de horários, como a chamada "subconcessão" (quando o concessionário cede a terceiros a programação, caso da CNT e da ex-MTV UHF, mas, por falta de legislação específica (e clara), isso não tem sido coibido.
Existem e já existiram vários projetos no Congresso que tentaram brecar esse "mercado da fé", mas o lobby da chamada "bancada evangélica", tanto na Câmara como no Senado, nunca deixou as propostas seguirem adiante.

Publicado em Uol