Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Tribunal russo proíbe Cientologia

Os livros do fundador da Cientologia, Ron Habbard, foram definitivamente proibidos na Rússia. Há dias, o Tribunal Regional de Schiolkovo, em Moscou, confirmou uma decisão anterior que os considerara como extremistas.
“Esta decisão é muito justa e atempada”, disse em entrevista à Voz da Rússia o dirigente do Comité Jurídico de Proteção dos Direitos e da Dignidade da Pessoa junto da Associação para as Religiões e Seitas, Alksandr Korelov.
“Os livros de Ron Habbard são a base ideológica da seita da Cientologia. Esta é uma das seitas mais perigosas no território da Federação Russa. A sua atividade prejudica a saúde dos cidadãos, levando a que as pessoas percam seu equilíbrio mental e, frequentemente, os seus próprios bens. Segundo vários indícios, esta organização tem um caráter destruidor. Sem dúvida, as obras de Habbard, que fundamentam a sua doutrina, são perigosas. Tais livros devem ser proibidos e retirados de circulação".
Entretanto, nem todos consideram justa a decisão do Tribunal Regional de Moscou. Esta decisão viola os direitos dos crentes, apesar de a Constituição da Federação Russa garantir o direito à liberdade de consciência, à liberdade de pensamento e o direito à proteção contra a discriminação por motivos religiosos, diz o defensor dos direitos do homem, diretor do Instituto do Desenvolvimento da Liberdade de Informação, Ivan Pavlov.
"Qualquer tentativa de proibir uma ou outra teoria e limitar o acesso a ela é uma manifestação de imaturidade no plano democrático, uma intolerância em relação a qualquer dissidência. Nas lojas não deve ser exposto não só aquilo que causa danos hipotéticos e ilusórios mas também o que causa danos reais à saúde de cidadãos e à segurança da sociedade. No nosso país, infelizmente, o problema da realidade dos danos passa para o segundo plano."
A doutrina de Habbard, tal como de muitas outras seitas, começou a propagar-se ativamente na Rússia logo após a desintegração da União Soviética, no início dos anos 90. Hoje, o número de seguidores aproxima-se de um milhão. Trata-se apenas daqueles que não escondem o seu sectarismo. Dando-se conta do perigo das organizações pseudo-espirituais não tradicionais, as autoridades do país envidam bastantes esforços na luta contra as seitas. Em particular, a partir de setembro de 2012, nas escolas passará a ser lecionada uma nova disciplina, “Bases da Cultura Religiosa e da Ética Laica” que, na opinião de especialistas, é necessária hoje não apenas para apresentar aos jovens os postulados da religião tradicional, mas também para defendê-los contra as redes de organizações não tradicionais. Para além disso, são criados também centros públicos de reabilitação de vítimas de seitas.

Notícias Cristãs com informações do Voz da Rússia
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.