Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Mãe de vítima de canibalismo passa mal durante enterro

Extremamente abalada, Selma Maria Falcão, mae da jovem Alexandra da Silva Falcão, 20, assassinada e esquartejada pelo trio Jorge Negromonte, Isabel Pereira e Bruna Cristina de Oliveira da Silva, em Garanhuns, era o retrato da indignação.
Presente no velório, que aconteceu no começo da tarde deste sábado, em Palmeirinha, no Agreste pernambucano, Selma passou mal e deixou o local. Ela voltou apenas para o enterro, que aconteceu por volta das 15h. Durante todo o dia, Selma recebia o apoio de amigos e parentes. Os três filhos da vítima não estiveram presentes nem ao funeral nem ao enterro.
Emoção e indignação. este foi o sentimento durante os velórios de Alexandra e também de Giselly Helena da Silva, 31, que também foi assassinada e esquartejada pelo trio. O grupo, integrante da seita Cartel, chocou a população pelos crimes que realizava desde 2008. A carne humana era consumida pelo grupo, além de vendida.
Os corpos saíram do Instituto Médico Legal (IML), no Recife por volta das 10h deste sábado. O corpo de Giselly foi velado na Assembleia de Deus, no bairro de Brasília, em Garanhuns, Agreste pernambucano. Familiares e amigos seguiram a partir das 14h para o município de Arcoverde, onde acontece o enterro.

Notícias Cristãs com informações do Pernambuco.com
Tecnologia do Blogger.