Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Membros da comunidade LGBT usam serviço Alô Senado para acusar o senador evangélico Magno Malta de homofobia

Na última segunda feira (09) a Central de Relacionamento do Senado, foi tomada por reclamações e acusações feitas contra o senador evangélico Magno Malta. De acordo com o site do Senado, cidadãos contataram o Alô Senado se dizendo indignados com a postura do senador Magno Malta, e justificando sua indignação com afirmações de que o parlamentar estimula a violência homofóbica.
O deputado é um dos maiores opositores da PL 122 que, segundo ele, tem propostas que pretendem transformar em “intocáveis” os homossexuais. Os pronunciamentos do senador costumam incomodar os ativistas do movimento LGBT. No último dia 03, Malta discursou na tribuna do Senado em defesa ao pastor Silas Malafaia, que vem sendo perseguido por ativistas gays, afirmando que tais ativistas se empenharam em uma “campanha contra o pastor Silas Malafaia”, como parte das iniciativas para criar um “império homossexual” no país.
Malafaia está sendo processado por se manifestar contra os organizadores da 15ª Parada do Orgulho Gay de São Paulo, que levaram figuras de símbolos católicos em posições homoeróticas para a Avenida Paulista, na edição do evento que foi realizada em junho de 2011.
Quanto a uma possível organização por parte do movimento LGBT para acusar o senador, site oficial do Senado afirma que “as manifestações recebidas foram provenientes, em sua maioria, da comunidade LGBT”.

Notícias Cristãs com informações go Gospel +
Tecnologia do Blogger.