Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pesquisa mostra que russos continuam acreditando em Deus

O estudo também revela que quanto mais idosa a pessoa, maior é a fé.
Estudos realizados pelo Instituto NORC, da Universidade de Chicago revelam que os russos, os escandinavos e os habitantes dos antigos países do bloco comunista da Europa além dos filipinos e dos chilenos são os mais religiosos do mundo. O estudo do Instituto NORC, da Universidade de Chicago, também mostra que quanto mais idosa é a pessoa, mais ela acredita em Deus.
Segundo reportagem publicada no site do jornal brasileiro O Estado de Minas, nos países em que existe forte presença da igreja católica, é maior a crença em Deus. Neste particular, os países emergentes são os que concentram maior número de fiéis. De acordo com a pesquisa, Estados Unidos, Israel e Chipre também estão incluídos na relação dos países em que a crença religiosa é bastante sólida.
Os estudos foram baseados em pesquisas internacionais, realizadas em 30 países nos anos de 1991, 1998 e 2008. O resultado demonstrou a religiosidade é muito acentuada entre 94% dos filipinos. Depois, aparecem os chilenos com 88% e os norte-americanos, com 81%. As últimas posições são ocupadas pelos alemães da antiga Alemanha Oriental, com 13% e pelos tchecos, 20%.

Notícias Cristãs com informações do Diário da Rússia
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.