Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Portugal perde 7,4 por cento de católicos numa década, diz estudo

Uma pesquisa da Universidade Católica Portuguesa sobre crença religiosa indica que o número de católicos está a decrescer em Portugal, ao contrário da quantidade de protestantes e testemunhas de Jeová, que seguem tendência inversa. Um inquérito realizado em 2011 aponta para uma perda de católicos na ordem dos 7,4 por cento, numa década.
O estudo tem como objetivo perceber de que modo evoluem os portugueses, no sentido da sua crença religiosa, e permite concluir que há um aumento de protestantes e testemunhas de Jeová, nos últimos anos, com perda de católicos.
O trabalho, levado a cabo pelo Centro de Estudos de Religiões e Culturas, da Universidade Católica, compara dados de 1999 e 2011, aponta um decréscimo de católicos, na ordem dos 7,4 por cento. Apesar desta descida, a religião católica continua a dominar, com 79,5 por cento, ainda que em contraste com os 86,9 por cento de 1999.
A perda de cidadãos que se dizem católicos implica um aumento de protestantes e testemunhas de Jeová( dos 2,7 por cento de 1999 para os 5,7 por cento de 2011), mas também resulta de um aumento de agnósticos e de ateus. Há hoje 14,2 por cento de pessoas que não têm qualquer religião, o que contrasta com os 8,2 pontos percentuais de há cerca de uma década.
O estudo compara os dados da realidade de 1999 com um inquérito realizado nos últimos meses de 2011. A diversidade religiosa está a aumentar em Portugal, de acordo com este estudo da Universidade Católica.

Notícias Cristãs com informações do SicNotícias e do PTJornal
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.