Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Escola em MT é acionada devido uniforme com imagem de santo

Em Pontal do Araguaia (512 Km ao sul de Cuiabá) a Defensoria Pública precisou intervir numa queda de braço entre uma escola municipal e os pais de 2 crianças evangélicas.
A prefeitura da cidade foi acionada e para evitar que o caso fosse parar na Justiça obrigou a escola Escola Municipal São Jorge a permitir que as crianças frequentassem as aulas sem ter que usar a imagem de São Jorge estampada no uniforme escolar.
Os pais das crianças buscaram orientação jurídica porque a escola só autorizava que alunos uniformizados frequentassem as aulas.
O problema é que a igreja evangélica que a família frequenta reprova o uso de símbolos religiosos e dessa forma os pais proibiram que as filhas usassem o uniforme com a imagem do santo.
Na tentativa de solucionar o impasse, a mãe das garotas se propôs a confeccionar o uniforme das filhas igual o da escola, porém, sem a estampa do santo, o que foi negado pela escola após uma avaliação do Conselho de Classe.
Contudo, no momento em que o defensor público Milton Martini foi acionado para auxiliar os pais, a prefeitura foi notificada para agir e obrigar a escola aceitar as alunas.
Diante da possibilidade do caso ir parar na Justiça, a prefeitura atendeu o ofício requisitório da Defensoria Pública e determinou à direção escolar a aceitação das novas vestimentas. "O artigo 5º da Constituição Federal assegura a igualdade perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. Inclusive garante a liberdade de consciência e de crença", justificou o defensor.

Notícias Cristãs com informações do Gazeta Digital
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.