Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Anderson Silva revelou ter conversado com Deus

Anderson se veste de M. Jackson e relata 'conversa com Deus' na 1ª luta com Sonnen.
Fã confesso de Michael Jackson, o campeão dos médios do UFC Anderson Silva ficou famoso não só pelas suas vitórias, mas por entrar no ringue dançando e pelas diversas imitações do Rei do Pop. Ele voltou a se vestir como o cantor em ensaio para revista Rolling Stone e, após polêmicas sobre seu temperamento, falou sobre assuntos como a fama de marrento, a fama e suas experiências religiosas.
Como não poderia deixar de ser, o Spider comentou sobre o arquirrival Chael Sonnen, a quem enfrenta no UFC 148, em julho, e ao falar dele relatou uma “conversa com Deus” ainda dentro do octógono.
“Estou sempre conversando com Deus, o tempo todo. Na luta com Sonnen, eu olhei para cima e falei: ‘Seja feita a Sua vontade, e não a minha’. E acabou do jeito que acabou”, relembrou ele, sobre a finalização no quinto e último round, após apanhar muito do norte-americano, em 2010.
“Depois, estava no quarto, rezando e pedindo uma resposta: ‘O que Você quer comigo?’. Aí o tempo passou, as coisas foram acontecendo e vi que o que Ele quer é que eu sirva de exemplo. ‘Cara, sua responsabilidade é grande, é mais do que ser campeão do UFC’. As respostas não vêm de imediato, mas, quando vêm, são claras. Se eu digo isso, vão dizer: ‘Esse cara é maluco’, mas é exatamente assim que me sinto.”
Anderson no momento se prepara para a revanche com Sonnen. Para o técnico Ramon Lemos, que afia o seu jiu-jítsu, as provocações são um “doping positivo” para motivar o brasileiro. “O cara usa isso para se fazer. A única forma de que teve para aparecer foi falar: ‘Vou ligar o que se dane’”, afirmou ele. "Anderson nasceu com um dom que não tem explicação. Coloque ele com luvas... é quase uma arma humana."

A fama de marrento
Anderson Silva, considerado o maior da história no MMA, teve sua imagem arranhada por uma participação no programa “Profissão Repórter”, mas refutou as acusações. Na entrevista à revista Rolling Stone, afirmou ainda que se considera uma pessoa melhor e que a fama poderia ter lhe feito mal em outro momento de sua vida.
"Eu falo tudo o que penso e isso acaba causando uma imagem de marrento", explicou Anderson. "Todo repórter me pergunta no final das lutas: ‘Com quem você quer lutar agora?’. Eu respondo a mesma coisa: ‘Com meu clone’. Isso soa de uma forma que as pessoas não entendem... ‘Ah, o cara acha que não tem ninguém para lutar com ele!’. Não, é porque eu não quero falar de ninguém.”
Anderson falou sobre sua relação com a fama e admitiu: "se tudo tivesse acontecido há cinco ou seis anos, talvez minha cabeça não fosse boa para lidar com tudo isso".
Para o peso médio, ser uma celebridade não é uma vantagem. “Não gosto dessa coisa de famoso. Sou normal. Óbvio que tudo mudou, mas não me sinto assim. É uma fase que tenho de aproveitar, que uma hora vai acabar. Hoje eu luto porque gosto, não preciso de mais do que isso. Não posso mudar minha essência porque sou famoso. Porque você perde o sentido”, explicou ele.

Notícias Cristãs com informações do UOL
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.