Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Fora do UFC em BH, Vitor Belfort convoca pastor e realiza culto dentro de octógono

Vitor Belfort realiza culto em octógono
Vitor Belfort realiza culto em octógono
Sem poder treinar por causa de uma lesão na mão esquerda, o ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Vitor Belfort, promoveu uma ação religiosa inusitada na noite do último sábado. O lutador convocou o pastor norte-americano Mark Shubert - que vive no Brasil e fala português -, para realizar um culto dentro de um octógono de MMA em seu centro de treinamento, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
O manager Pedro Lima, representante de Belfort, divulgou a foto da celebração religiosa no Twitter:
Belfort se machucou durante um treino de sparring, quando se preparava para o combate contra Wanderlei Silva, no UFC 147, no dia 23 de junho, no Mineirinho, em Belo Horizonte. A contusão frustrou os fãs de MMA que esperam por uma revanche entre os dois lutadores desde 1998. Naquele ano, Belfort venceu Wand por nocaute técnico com apenas 44 segundos de luta. A batalha aconteceu na edição 17,5 do Ultimate, no Ginásio da Portuguesa, em São Paulo.
Com a lesão de Vitor Belfort, o UFC teve de substituir o carioca pelo ex-campeão dos médios, Rich Franklin. Ele também já derrotou Wanderlei Silva. A luta aconteceu no evento 99, em junho de 2009. Franklin bateu o brasileiro na decisão unânime.
Wand não reclamou da escolha do seu novo oponente, mas ficou indignado com o machucado de Belfort. Na internet, o lutador de Curitiba disparou contra o algoz e colocou em dúvida a veracidade da contusão. “Ninguém treina tão duro assim a ponto de socar tão forte. Nós usamos os melhores equipamentos, luva, gel, bandagem... Eu acho que ele amarelou. Se estava com medo, não devia ter aceitado a luta. Os principais prejudicados com isso são os fãs. Muito desrespeito, falta de responsabilidade com o publico”, disse.
Vitor Belfort, por sua vez, usou o seu lado religioso para rebater as provocações. “Sei que vocês estão chateados e tristes como eu também, mas imagina o seguinte: temos que agradecer a Deus em todos os momentos. Permaneço confiante e mantenho meu respeito com o meu adversário pois agora minha luta é contra minha lesão”, afirmou.

Notícias Cristãs com informações do Super Esportes
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.