Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Acusado de furtar iogurte, evangélico processa hipermercado Bretas em Itabira

Geraldo Maria dos Reis, 41 anos,
registrou ocorrências na PM e PC
 
Casado, membro de uma igreja evangélica e pai de um filho de um ano e cinco meses, Geraldo Maria dos Reis, 41 anos, está processando o hipermercado Bretas, em Itabira, depois de ser acusado de furtar iogurte no estabelecimento. O fato aconteceu no dia 25 de junho, quando Geraldo comprava o produto para seu filho.
De acordo com o boletim de ocorrências da Polícia Civil, Geraldo comprou a bandeja de iogurte e pagou, mas foi abordado por funcionários da empresa quando saía do estabelecimento. Primeiro as acusações foram de que o rapaz teria furtado o produto; depois de que teria degustado a tal bandeja antes de passar pelo caixa.
Constrangido, Geraldo chamou a Polícia Militar para registrar a situação. Quando os policiais chegaram, de acordo com Geraldo, checaram as imagens do circuito de segurança e descobriram que o crime não tinha acontecido. Mesmo assim, procedeu-se o registro da ocorrência, tanto na PM quanto na Polícia Civil, e a vítima procurou um advogado para abrir um processo judicial.
Além da nota fiscal, que comprova o pagamento do iogurte, o evangélico estava em jejum na ocasião – portanto não poderia ingerir qualquer tipo de alimento. Ele, então, fez exames de endoscopia e de sangue para provar que não degustou nada. A primeira audiência para tratar do processo está marcada para 6 de setembro. A reportagem tentou falar com algum responsável pelo hipermercado, mas ninguém se pronunciou sobre o assunto.

DeFato
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.