Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Cristãos na Geórgia temem que identidade eletrônica tenha o número da besta

Do ponto de vista dos ensinamentos teológicos e eclesiásticos, as carteiras de identidade de hoje não têm representada a marca do anticristo, afirmou a Igreja Ortodoxa.
As novas identidades eletrônicas da população da Geórgia, ex-estado soviético, tem deixado alguns cristãos preocupados em estar aceitando a temida marca da besta. Para orientá-los e desfazer essa confusão entre os fiéis, a Igreja Ortodoxa da Geórgia desfez o comentário através de um comunicado.
“Do ponto de vista dos ensinamentos teológicos e eclesiásticos, as carteiras de identidade de hoje não têm representada a marca do anticristo”, diz trecho do documento assinado pelas autoridades religiosas.
As novas identidades contêm um chip eletrônico e por esse motivo muitos cristãos consultaram a igreja para saber se ao fazer essa nova identidade eles estariam aceitando o número 666, a marca da besta.
Mesmo desmistificando essa ideia, a Igreja Ortodoxa esclareceu que os cidadãos podem escolher entre ter ou não essa nova identidade. Os cartões eletrônicos permitem que os cidadãos acessem diversos serviços online e também funciona como uma assinatura digital para documentos oficiais.
Mais da metade da população é membro da Igreja Ortodoxa, o que faz com que o número de cristãos seja o suficiente para fazer com que boatos como esse se tornem grandes problemas.
Com o comunicado da igreja a nova identidade deve ser melhor aceita pelos cidadãos georgianos.

G1 via Gospel Prime
Tecnologia do Blogger.