Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Igreja dos EUA se nega a casar negros

Uma igreja batista no Mississippi, Estados Unidos, se negou a oficializar a união de um casal porque era afroamericano, no mais recente evento que denota o racismo persistente na nação norte-americana.
Charles e Andrea Wilson pensavam casar-se na Primeira Igreja Batista de Crystal Springs (sul), mas o pároco principal proibiu a cerimônia com o argumento de que a congregação – majoritariamente branca – se mostrava contra.
“Pelo fato de que somos negros e alguns fiéis protestaram já não poderemos casar na igreja onde nós pensávamos que éramos queridos como irmãos de fé”, comentou Charles Wilson na CNN.
Em uma decisão de última hora neste domingo, o pastor Stan Weatherford recomendou aos noivos mudar o casamento para outro templo “para não fomentar uma controvérsia nem piorar o precedente criado com esta situação”.
Uma recente pesquisa do National Journal e da Universidade de Phoenix refletiu que 23 por cento dos estadunidenses consideram que o racismo aumentou e 42 por cento diz que nada mudou desde 2009.
Em janeiro desse ano, Barack Obama assumiu na Casa Branca como o primeiro presidente afroamericano na história de um país com amplos antecedentes de segregação e violência contra as minorias étnicas.

Prensa Latina via Correio do Brasil
Tecnologia do Blogger.