Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Padre Quevedo: "Pastores evangélicos também são curandeiros"; assista

O programa Agora é Tarde exibido na última quarta-feira (11) pela Band entrevistou o Padre Quevedo, que desafiou curandeiros e membros de religiões afros para que façam feitiços, ou a conhecida “macumba” contra ele. Em outra parte do programa ele diz que os pastores evangélicos que fazem milagre também são curandeiros.
A reportagem fala do pequeno museu criado por ele no Centro Latino-Americano de Parapsicologia onde ele expõe imagens que ele encontra pela rua para demonstrar que tais símbolos não representam nada.
O apresentador Danilo Gentili pediu para que Quevedo participasse de um quadro que exclusivamente naquele programa recebeu o nome de “Ecxiste ou Não Ecxiste”, uma brincadeira com a forma do padre falar.
Entre os temas apresentados para que ele aprovasse ou reprovasse encontramos a profecia de Nostradamus, a quem ele disse que era muito inteligente, mas que acabou caindo no mundo do espiritismo. Outra figura polêmica mostrada foi Inri Cristo, o homem que se auto-intitula Jesus.
“Quando estamos fora da televisão ele fala normal, sem sotaque”, diz o padre que não foge de perguntas sobre a existência dos Illuminati e da do E.T de Varginha, desacreditando todos eles.
Quevedo não acredita que o final do mundo esteja próximo e diz o motivo: há uma profecia que afirma que chegará um dia onde todos serão católicos, o que, nas palavras do padre, está muito longe de acontecer.
Ao falar sobre milagres ele pede licença e afirma que os “pastores que se dizem evangélicos e dizem que fazem milagres são curandeiros”, disse que esses pastores tiram a dor, mas deixam a doença e afirma que eles são “charlatões”.




Gospel Prime
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.