Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Evangélica e homem com tornozeleira eletrônica são presos por tráfico

Investigação pontual conseguiu chegar a mãe de dois integrantes de uma fábrica de refino de cocaína no Aldebaran, Maceió.
O desdobramento de outra operação realizada pela Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN) e Batalhão de Operações Especiais (Bope), em abril deste ano, que resultou no estouro de uma fábrica de refino de cocaína no bairro do Aldebaran, parte alta de Maceió, chegou a mãe de dois integrantes desta quadrilha de tráfico de drogas nesta manhã.
A evangélica Marilda Moreira Wanderley, de 46 anos, mãe de dois integrantes da quadrilha que estão foragidos, um identificado apenas pelo pré-nome de Tiago, confessou o crime e disse ter sido conivente com os filhos todo o tempo, inclusive, segundo o delegado Jobson Cabral, alugando a casa que servia de laboratório para refino de concaína em abril deste ano.
Ela foi presa no bairro da Pitanguinha, Maceió, e confessou a participação no grupo criminoso.
Um casal idenitficado como Ana Cristina Leite Ferreira, de 32 anos, e Generino Paulo de Lima, de 30, este que estava no regime semi-aberto e usando tornozeleira eletrônica confessou ser especialista em assaltos à mão armada em Maceió, Chã do Pilar e Rio Largo. Ele foi preso na Chã do Pilar e estava com uma pistola engatilhada no momento da chegada da polícia.
Na residência do casal onde dormia a esposa de Generino de Lima, a polícia encontrou um arsenal de aparelhos eletroeletrônicos do qual Ana Cristina teria dito que conseguia comprar por meio da venda de calcinhas e sutiãs. O material apreendido entre ar-condicionados e duas motos está avaliado em mais de R$ 40 mil. Ela foi presa no Conjunto Virgem dos Pobres, periferia de Maceió.
Generino confessou os assaltos e disse que cometiria mais deles nesta semana. Os alvos erma os municípios de Maceió, Rio Largo e Chã do Pilar. O detalhe é que ele já cumpria pena por assaltos à mão armada e por isto foi encontrado com a tornozeleira eletrônica pelo qual é monitorado 24 horas via satélite.
Nesta mesma operação, Tailan Ferreira da Silva, de 22 anos, reagiu a ação da polícia, e numa troca de tiros acabou sendo atingido, morrendo a caminho do hospital. Ele também tinha envolvimento com assaltos, roubo de veículos e homícidios. Ele estava com um revólver calibre 38.

Material apreendido
Nas casas da evangélica e do casal, a polícia apreendeu: balança de precisão, uma pistola de uso restrito de posse de Generino Lima, drogas, munição, câmeras digitais, celulares, dinheiro, chaves de motos, documento de veículos, carteiras de habilitação, motos, camisas da polícia, um tablet, dois notebooks, dois capacetes, além de vários eletroeletrônicos e ar-condicionados.
Os três presos foram autuados em flagrante por assalto, posse de arma e tráfico de drogas.

Maceió Agora
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.