Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Igreja Universal terá de pagar homem epilético

Alcione Saturnino dos Santos foi agredido por pastores enquanto sofria um ataque de epilepsia em Sumaré.
A Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização a um epilético. A decisão foi do Tribunal de Justiça de São Paulo.
De acordo com a sentença, Alcione Saturnino dos Santos foi agredido por pastores enquanto sofria um ataque de epilepsia. Em depoimento, ele contou que os religiosos diziam que ele estava “possuído pelos espíritos das trevas” enquanto o agrediam.
O caso ocorreu em 2001, em Sumaré, a 120 km de São Paulo. Saturnino relatou que durante um culto começou a sentir-se mal, momento em que avisou os pastores e foi até o fundo do templo para tomar remédios. Segundo a defesa, nesse momento, os pastores teriam agredido Saturnino com socos e falado que ele estava possuído.
Em primeira instância, a Justiça condenou a Igreja Universal, que não se defendeu das acusações dentro do prazo estipulado. Depois, recorreu da decisão, alegando cerceamento de defesa. Os desembargadores foram unânimes ao manter a condenação por entender que não houve nenhum impedimento de defesa, já que, uma vez intimada, foi a igreja quem não se defendeu dentro do prazo legal.
A epilepsia é uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro. Cerca de 50 milhões de pessoas no mundo já tiveram ao menos uma crise da doença. A Igreja Universal foi procurada, mas informou que o atendimento à imprensa se dava somente até as 17h.

Dia a Dia

Tecnologia do Blogger.