Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Igreja de Jerusalém é profanada com pichações contra Jesus

Desconhecidos profanaram nesta terça-feira um conhecido convento franciscano em Jerusalém em cujas portas fizeram pichações contra a figura de Jesus, apenas um mês depois da profanação de outro mosteiro na Terra Santa, informou a polícia israelense.
As duas pichações apareceram nesta manhã na porta exterior do Convento de São Francisco, no Monte Sião de Jerusalém. As inscrições parecem identificar grupos radicais de colonos judeus, que nos últimos meses atacaram palestinos e centros de culto islâmicos em represália por ações do Exército ou do governo israelense contra eles. "Ainda é cedo para saber quem são os autores, mas a investigação vai na mesma linha da que abrimos há meses após casos similares", confirmou à Agência Efe Miki Rosenfeld, porta-voz da polícia israelense.
O último ataque ocorreu há menos de um mês, quando as portas do Mosteiro de Latrun, cerca de 20 quilômetros de Jerusalém, foram incendiadas por desconhecidos supostamente identificados com o mesmo grupo de colonos, que também fizeram pichações contra Jesus.
O presidente israelense, Shimon Peres, condenou este novo ato de vandalismo e afirmou que "vai contra os princípios do judaísmo". Para o negociador palestino Saeb Erekat, "após 45 anos de ocupação israelense, a cultura do ódio e do racismo se transformou na corrente central entre os israelenses".

EFE
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.