30/08/2012

Menino de 11 anos de idade é ordenado pastor nos Estados Unidos; assista

Ezekiel Stoddard prende a atenção dos fiéis enquanto canta hinos de louvor e demonstra conhecimento sobre a bíblia durante seus sermões em Maryland, nos Estados Unidos.
Carismático e vestido com terno e gravata, ele é respeitado por toda a comunidade da a Igreja Pentecostal do Tempo, inclusive por outros sacerdotes. Tais características poderiam ser aplicadas a vários líderes religiosos, mas Ezekiel tem um diferencial surpreendente: a idade. Aos 11 anos, ele acaba de ser ordenado pastor e prega as escrituras cristãs desde os sete.

O menino diz ter recebido seu próprio chamado para pregar a palavra de Deus e afirma que continuará atuando como líder evangélico no futuro. Além da vocação, Ezekiel teve um aprendizado religioso intenso, pois o pai e a mãe dele também são pastores na Igreja Pentecostal do Tempo.
Quando não está pregando, Ezekiel desempenha atividades típicas de crianças de 11 anos. Ele é fã de cinema e gosta muito de praticar esportes. Contudo, admite que atuação como sacerdote traz algum desconforto, como : "um monte de gente olha para mim como se eu fosse apenas uma brincadeira", disse ao jornal Washington Post.
Recentemente, Ezekiel foi criticado nos Estados Unidos, sob o argumento de que suas pregações seriam fruto da mera imitação do comportamento dos pais. Contudo, os defensores do menino pastor afirmam que é possível sentir a ação divina na atuação dele. Embora curioso, o caso de Ezekiel está longe de ser único nos Estados Unidos. Desde o século XVIII, há registros de aproximadamente 500 crianças pregadoras no país.

BBC Brasil via DP

29/08/2012

Renato Aragão nega que fará novo filme com tema cristão

Nos últimos dias, o comediante Renato Aragão foi, mais uma vez, vítima de boatos em sites da internet.
Dessa vez, foi divulgado que ele lançará um filme, intitulado "O Segundo Filho de Deus", onde o personagem Didi viverá um suposto filho de Deus enviado à Terra com o objetivo de cumprir uma missão que Jesus Cristo não foi capaz de terminar.
Como nenhum site oficial de Renato Aragão noticiou a informação, o site OsTrapalhões.com resolveu confirmá-la entrando em contato com a filha do comediante, Lívian Aragão.
Por meio dela, o comediante negou todas as informações que foram publicadas nas matérias e disse que nunca cogitou lançar esse tipo de filme. Tudo não passou de boatos inventados na internet para denegrir a imagem de Renato Aragão, assim como fazem com outros artistas.
"Normalmente eu não respondo a esse tipo de boato, mas sempre que vai ao ar um programa de sucesso como o 'Criança Esperança' surgem os invejosos de plantão", comentou Renato Aragão ao site UOL - que também o procurou para falar sobre uma suposta demissão de um funcionário que o teria chamado de "Seu Didi".

Nota do NC: Falta apenas lembrar que originalmente a notícia foi publicada na coluna Radar da Revista Veja.

Os Trapalhões

28/08/2012

Igreja Universal recebe doações via Facebook

IURD lança aplicativo que permite aos fieis a realização de doações através da maior rede social do planeta.
Fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) ganharam uma maneira mais fácil, e bem moderna, de realizar doações financeiras e é através da maior rede social do planeta. A igreja lançou há alguns dias um app para Facebook que permite aos usuários escolherem valores e tipos de doação.
Para realizá-la, basta que o interessado acesse a página de doações para preencher um cadastro e, em seguida, poderá então escolher como pretende realizar o pagamento, via boleto bancário ou cartão de crédito. Depois, deve selecionar para qual fim o montante doado deve ser revertido.
As opções variam entre direcionar a doação para a construção de templos, dízimo ou pagamento de auxiliares do bispo Macedo, por exemplo. Uma vez que todos os campos estiverem preenchidos, o usuário irá incluir o valor da doação, que deve ser de no mínimo 20 reais, e finalizar a operação.

IURD
A Igreja Universal do Reino de Deus é um dos primeiros grupos religiosos neopentecostais do país e foi fundada em 1977 por Edir Macedo. Com mais de 13 milhões de fieis e cinco mil tempos espalhados pelo Brasil, a IURD também está presente em mais de 180 países, como Estados Unidos, França e Alemanha, por exemplo.
O perfil oficial da Igreja no Facebook está no ar desde 11 de julho do ano passado e já recebeu por pouco menos de 42 mil “curtir”. Já o perfil de Macedo tem quase 170 mil “curtir”.

Info

Pastor evangélico é assaltado e forçado a fazer sexo oral

A vítima foi obrigada e entrar na igreja e entregar a oferta de R$ 260 feita pelos fieis.
Um pastor evangélico de 33 anos foi atacado por dois homens quando saia da igreja, localizada na rodovia MA-201, estrada de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luis.
O crime aconteceu na noite de domingo e foi registrado nesta segunda-feira em delegacia da Capital.
O pastor – cuja identidade está sendo preservada - revelou que foi assaltado e levado pelos bandidos para dentro da igreja, onde foi vítima de atentado violento ao pudor. Ao prestar depoimento na delegacia, o líder evangélico disse que havia encerrado o culto e estava fechando o templo quando um homem lhe pediu uma oração. Em seguida foi surpreendido com a aproximação de um segundo desconhecido, que anunciou um assalto. A vítima foi obrigada e entrar na igreja e entregar a oferta de R$ 260 feita pelos fieis. Ainda de acordo com o depoimento, os bandidos obrigaram o pastor a tomar uma substância, espancaram-no e exigiram dele que praticasse sexo oral na dupla.
O evangélico assaltado foi então colocado dentro da mala de um veículo. Depois de rodar algumas horas, foi libertado nas proximidades de uma escola no bairro do Anil. O pastor procurou uma delegacia e registrou a ocorrência.

O Imparcial via Correio Popular

“Chuva de Bíblias” no céu da Coreia do Norte

Projeto missionário utiliza estratégia pouco convencional.
No dia 19 de julho, uma equipe de missionários se reuniu perto de Paju, Coreia do Sul, para lançar 30 balões de gás carregados de Novos Testamentos, folhetos com versículos bíblicos e outras mensagens cristãs para a Coreia do Norte.
Tendo analisado as condições favoráveis do clima e um vento que soprava forte na direção desejada, os balões foram diretamente para o norte alcançando aquele país isolado.
“O evangelho é a boa notícia que irá salvar os galhos secos na Coreia do Norte, como uma chuva de boas-vindas”, exclamou um dos missionários durante uma oração feita antes do lançamento. A equipe responsável pelo envio era composta de missionários, voluntários, estudantes universitários e cristãos que têm parentes vivendo na Coreia do Norte.
Soldados sul-coreanos visitaram o local de lançamento, como de costume, mas em menor número do que no ano passado. Apesar do clima favorável, desta vez apenas 10 dos 30 balões preparados alçaram voo. O motivo foram problemas com o combustível a base de hidrogênio. Mesmo assim, a equipe orou antes do lançamento agradecendo por que foram enviadas 1.000 Bíblias e 90.000 folhetos.
“Estes homens e mulheres mostram uma paixão pelo lançamento de balões, pois sabem que a Palavra de Deus é enviada nesses balões por suas mãos”, escreveu um membro da Missão A Voz dos Mártires. ”Embora eles não possam entrar na Coreia do Norte, estes panfletos podem.”
Mais de 7.900 Novos Testamentos já foram enviados à Coreia do Norte em 2012. A Seoul EUA é uma ONG coreano-americana que lança material evangélico desta maneira de 70 a 80 vezes por ano. Mas para os que duvidam da eficácia de seus métodos, eles agora tem provas de que seus balões estão atingindo o alvo. O uso de dispositivos de rastreamento GPS acoplados aos balões confirma a localização precisa de vários de seus lançamentos este ano e as imagens fotográficas podem ser acompanhadas em seu site.
“Há muitos anos sabemos que os lançamentos de nossos balões têm atingido as áreas que planejamos por causa da resposta irada do governo norte-coreano”, disse o Presidente da ONG, o pastor Eric Foley. ”Mas os dispositivos de GPS nos fornecem dados precisos que nos ajudarão a aumentar ainda mais a precisão dos lançamentos futuros.”
A Coreia do Norte é o pais mais fechado do mundo para o Evangelho, lembra Foley.
“Quando o governo sul-coreano tentou acalmar a tensão politica com a Coreia do Norte na década de 1990″, continua Foley, “eles perguntaram aos norte-coreanos, ‘Como podemos deixar vocês felizes?” ”Parem de mandar balões e parem de fazer transmissões cristãs de rádio” foi a resposta. Embora o governo norte-coreano tente de tudo para impedir as transmissões de rádio e os balões, a mensagem de Deus continua chegando pelos céus.
Estima-se que o regime norte-coreano ainda tenha mais de 70.000 cristãos aprisionados em campos de concentração.Uma pessoa pode ir para a prisão por toda a vida apenas pelo “crime” de possuir uma Bíblia.

Traduzido e adaptado de Charisma News por Gospel Prime

'Orgia sexual' em antiga igreja choca cidade americana

Fotos mostram casais envolvidos em atos sexuais no altar.
Por causa da repercussão, segunda edição da 'festa' foi cancelada.
Fotos de uma orgia sexual que foi realizada em fevereiro em uma antiga igreja na Filadélfia, no estado da Pensilvânia (EUA), provocaram indignação depois que foram divulgadas pela emissora de TV "PIX 11".
As imagens publicadas na web e divulgadas pela "Pix 11" mostram casais envolvidos em atos sexuais no altar, de acordo com as autoridades.
Por causa da repercussão, uma segunda edição da "festa sexual" que seria realizada na antiga igreja na Filadélfia foi cancelada.
A festa chamada "sacro-deliciosa" prometia realizar diversos fetiches dos participantes, como sadomasoquismo, e aconteceria no dia 15 de setembro.

G1

27/08/2012

Fiéis oram pelo sucesso das eleições

Momento em que o reverendo Nguimbi usa da palavra no culto ecuménico na Cidadela

As igrejas reconhecidas em Angola realizaram ontem no Estádio da Cidadela, em Luanda, um culto ecuménico sob o lema “Feliz a Nação cujo Deus é o Senhor” a favor de eleições gerais pacíficas, marcadas para esta sexta-feira.
Durante o culto, os líderes religiosos oraram também pelos partidos políticos e coligações de partidos concorrentes às eleições.
Os bispos, apóstolos, profetas e pastores que orientaram o culto foram unânimes em afirmar que as igrejas têm a responsabilidade de orar para que as eleições decorram de forma pacífica num clima de tranquilidade com vista à consolidação da democracia. O secretário-geral do Conselho de Igrejas Cristas em Angola (CICA), reverendo Luís Nguimbi, que leu a mensagem no acto, disse que as igrejas realizaram o culto como reconhecimento de “tudo o que está a ser feito para que as eleições sejam pacíficas, livres e tranquilas”.
O reverendo disse que o país vai entrar num dos momentos mais importantes da sua história. Por isso, as igrejas têm a responsabilidade de pacificar os espíritos. No culto, o reverendo Luís Nguimbi apelou aos cidadãos a continuarem“ calmos, serenos e humildes e estarem atentos contra aqueles que querem perturbar o processo, porque as eleições não podem dividir os cidadãos ”. Apelou aos fiéis para afluírem em massa às urnas no dia 31 para escolherem o partido que vai governar nos próximos cinco anos. “Os cidadãos devem continuar a considerar as eleições o processo certo, através do qual se escolhe o partido que forma o governo para o país nos próximos cinco anos”, afirmou.
O reverendo afirmou que a vitória nas eleições não é do partido que vencer, mas de todos os angolanos. Por isso, disse, os partidos concorrentes às eleições devem considerar uma “bênção de Deus” o facto de terem sido seleccionados para participarem nas eleições de 31 de Agosto.
Nguimbi disse que os líderes concorrentes devem encarar as eleições como uma etapa da sua trajectória política e não como o fim: “os partidos concorrentes devem cada um aceitar, com justiça e humidade, o que o povo lhe atribuir na urna e continuar a trabalhar para o futuro”.
O secretário-geral do Conselho de Igrejas Cristas em Angola encorajou a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) a continuar a preparar o processo eleitoral, com base na legislação eleitoral aplicável.
O vice-presidente do MPLA, Roberto de Almeida, considerou importante a iniciativa do Conselho de Igrejas Cristas em Angola em rezar a favor das eleições gerais. Para Roberto de Almeida, o compromisso com a paz deve ser uma preocupação de todos. Reforçou que todos os cidadãos devem cumprir o seu dever cívico no próximo dia 31 e manter uma postura de tolerância depois da votação. “Os militantes dos diferentes partidos concorrentes às eleições devem manter uma postura de tolerância, porque a festa é nacional e participam nela todos os angolanos e devemos cultivar melhor a relação entre todos”, disse.
O líder da UNITA, Isaías Samakuva, em declarações ao Jornal de Angola, considerou “uma boa atitude” o facto das igrejas reunirem os fiéis para orarem pela paz e pela democracia. “É bom que os angolanos se preocupem com uma situação que toca a vida de todos e a UNITA está solidária com esta iniciativa. Esperamos que Deus nos ouça”, disse o líder do maior partido da oposição.
O governador de Luanda, Francisco “Bento Bento”, pediu que as eleições sejam transformadas na festa da paz: “os cristãos têm um papel insubstituível em ajudar os políticos e governantes a trabalharem para o desenvolvimento do país”.
A ministra da Família e Promoção da Mulher, Genoveva Lino, disse à nossa reportagem que os angolanos estão “moral e espiritualmente preparados” para votarem no dia 31.
Para Genoveva Lino, além da preparação política que os partidos políticos e coligações fazem para os eleitores, a Nação deve estar preparada espiritualmente. A ministra da Família e Promoção da Mulher apelou a todos os cidadãos para, no dia 31, votarem com ordem, disciplina, tranquilidade e harmonia.

Jornal de Angola

Igreja Católica na Escócia declararou este domingo, dia 26 de agosto, como o "dia nacional do matrimônio"

Líderes da Igreja Católica na Escócia declararam este domingo, dia 26 de agosto, como o "dia nacional do matrimônio", em protesto contra os planos do governo de permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Nas missas celebradas hoje, padres escoceses leem uma carta em que manifestam sua desaprovação ao projeto.
No entanto, o governo escocês afirmou que os sacerdotes não terão a obrigação de consagrar estas uniões.
A carta da Igreja critica o governo por "tentar mudar a definição" que a instituição considera como única definição legítima do casamento: o que acontece entre um homem e uma mulher.
Na semana passada, o cardeal Keith O'Brien, líder da Igreja Católica no país, disse que não se encontraria mais com o primeiro-ministro Alex Salmond para debater o assunto. O governo britânico estuda uma proposta semelhante à da Escócia para a Inglaterra e o País de Gales.

BBC Brasil

Culto prega a abstinência de sexo e beijo na boca antes do casamento

Os seguidores se chamam de príncipes e princesas e se inspiram no exemplo das filhas de uma cantora famosa.
Nenhuma mulher pode saber o que se passa atrás da porta. As 50 pessoas lá dentro são homens. Esse é o culto dos príncipes.
“Muita gente fala assim, esse nome príncipe, meio esquisito, um monte de macho junto. Um bando de homem junto”, diz o pastor no culto.
O que eles ouvem lá é quase uma aula sobre como tratar uma mulher.
“Quase todo mundo é solteiro, então você está à procura da sua costela perdida, meu camarada”, fala o pastor no encontro.
A regra básica é que príncipes não encostem na mulher antes do casamento.
“O homem que gosta de mulher, de verdade, quer muito mais do que somente fazer sexo com ela, porque ele gosta do pacote completo”, diz o pastor no culto.
“Todo homem, todo ser humano é tentado. Entretanto existe a decisão”, ressaltou Valmir Magalhães, avaliador de penhor.
“Eu quero fazer isso depois do casamento, com a pessoa certa, escolhida por Deus para mim”, contou Leandro Macedo, de 23 anos.

Um beijo pode ser uma tentação.
“Se você beijar na boca de língua, vai acontecer alguma coisa. Vai acender um fogo que talvez você não consiga apagar”, alertou o pastor.
Claudio Brinco é missionário da igreja e casado há sete anos com Nãna Shara.
“Quando eu conheci a Nana eu era do mundão, posso dizer que eu era da pá virada, cachorrão mesmo, pegava geral. Aí quando eu encontrei a Nana pensei assim: ‘essa vai ser mais uma’. Aí ela falou para mim: ‘comigo não, meu irmão, sexo comigo só depois do casamento'”, contou ele.
“Nós ficamos um ano e oito meses nos guardando, sem ter sexo, até nos casar”, acrescentou Nãna.

No meio da entrevista, uma interrupção.
“Se você quiser de repente, eu posso entrar e abraçar eles. Você fecha a câmera neles?”, perguntou Sara Sheeva ao câmera. “Fica aí sentada, Nana. É melhor chegar por esse lado”, continuou ela.
Sara Sheeva é irmã de Nana Shara e cunhada de Claudio. Quem inventou essa história toda foi ela. Faz um ano que ela faz o culto das princesas, a versão feminina do culto dos príncipes. Elas já tem até grito de guerra- “Eu sou princesa, eu sou princesa, fora cachorrada”.
Sara Sheeva age como a cabeça de toda a equipe. Mesmo com toda a habilidade performática, ela diz que deixou de ser artista.
“Eu tenho no meu primeiro CD uma música chamada eu não sou estrela. E ela fala assim: ‘eu não sou estrela. A única estrela é Jesus’”, contou Sara.
Durante anos, Sara Sheeva, Nana Shara e mais a irmã das duas, Zabelê, tiveram um grupo pop, chamado SNZ. Tocaram no Rock in Rio e eram chamadas para tudo.

Ela diz que hoje mudou muito.
“Antes de me converter eu era ninfo e hoje eu já tenho mais de dez anos de abstinência sexual”, completou.
Na igreja, Claudio usa um tablet com capa cor de rosa onde está o roteiro do culto, escrito por Sara Sheeva.
O roteiro é o mesmo que ela usa no culto das princesas, mas adaptado para homens.
“Os príncipes não são homens que saem dando em cima de qualquer uma, que estão atrás de mulher só para pegar uma noite. Isso não é coisa de príncipe, isso é coisa de cachorro”, explicou Sara.
A antropóloga Cristina Vital diz que o sucesso do culto dos príncipes e das princesas é um movimento que ganha força.
“A juventude hoje em dia, e são varias pesquisas que falam sobre isso, não é só a juventude que está quebrando modelos, é uma juventude que busca segurança. Busca segurança no casamento”, afirmou ela.
A juventude de Sara Sheeva e Nana Shara foi bem diferente da juventude dos pais delas, Baby do Brasil e Pepeu Gomes. Os dois e mais 25 pessoas moravam em um sítio, no Rio de Janeiro, quando faziam parte da banda Os Novos Baianos.
Na década de 70, Os Novos Baianos fizeram alguns dos melhores discos da história da música brasileira. Muitas canções nasceram nesse sítio, que era conhecido por ser anárquico em meio a ditadura.
Em uma entrevista, Baby disse que resolveu mudar do sítio muito por causa das crianças.
“A gente não pode misturar as crianças com uma zoada porque senão as crianças ficam muito loucas e querem ir para todo lugar com a gente”, contou Baby.

Hoje, Pepeu Gomes vê diferenças nas gerações.
“A gente era totalmente a favor da liberdade, a gente queria viver o amor na sua maior intensidade. O sexo era uma coisa livre, o namoro era uma coisa livre. Então não existia um namoro sem beijo na boca”, lembrou Pepeu.

Baby, que hoje é evangélica, defende a opção dos filhos.
“Elas são fruto de pais que deram a liberdade para elas fazerem o que elas estão fazendo. Não foi imposto. Elas estão encontrando isso como uma opção de liberdade para elas. Elas estão se sentindo confortáveis nisso. Isso é maravilhoso. Eu mesmo não transo há 13 anos. Muito louco”, relatou Baby.
A ideia dos filhos dos Novos Baianos é depois de formados príncipes e princesas, juntar todos em um grande evento.
“O meu sonho era fazer o culto dos príncipes e das princesas em Nova York, em frente ao Central Park, imagina só. Mas o sonho da Sara é fazer no Maracanãzinho”, contou o marido de Nana.
“Ali nós unimos as mensagens e promovemos comunhão, para as pessoas se conhecerem de uma forma saudável e tratada. Com o coração modificado”, destacou Sara.
Eles querem ver príncipes e princesas casando e o começo de uma nova cultura.

Fantástico

26/08/2012

Fábrica de cerveja funciona dentro de igreja em Minas Gerais

"Abençoai, Senhor, esta criatura, a cerveja, que vos dignastes produzir do melhor lúpulo", diz a oração da bebida.
O novo pároco da Igreja da Nossa Senhora da Glória, Flávio Leonardo, em Juiz de Fora (MG), quer reativar a pequena fábrica de cerveja artesanal que funcionou por 100 anos no porão da instituição religiosa. A cervejaria foi trazida por padres holandeses, da ordem redentorista, no fim do século 19 e instalada em um convento anexo à igreja.
Enquanto esteve produzindo ativamente, até 1994, a fábrica produziu cerveja apenas para o consumo dos religiosos. Ao longo desse período de funcionamento, um irmão era designado pela a igreja para administrar a produção da bebida.
O padre Flávio Leonardo assumiu a igreja em 2010 e ele conta com o apoio de cervejeiros locais no retorno das atividades da fábrica. Pessoas habilidosas para o serviço não falta na cidade, até porque Juiz de Fora foi porta de entrada do produto em Minas Gerais.
Em 1894, a instalação da fábrica não causou estranheza na população. Hoje, muitos fiéis desconhecem a existência da produção da bebida no prédio da igreja. Mesmo assim, a “oração da cerveja” está registrada no livro dos redentoristas.
“Abençoai, Senhor, esta criatura, a cerveja, que vos dignastes produzir do melhor lúpulo, para que seja remédio saudável ao gênero humano”, diz um trecho da oração.
Os redentoristas ainda trouxeram mais cinco cervejarias para o Brasil, mas apenas a instalada na Igreja da Nossa Senhora da Glória se mantém em funcionamento. Atualmente, oito mosteiros no mundo produzem cerveja: seis na Bélgica, um na Áustria e um na Holanda.

O Povo

Igreja Mundial vende `fronha dos sonhos` que opera milagres e ajuda na `obra de Deus`, dentro dos templos

A Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPDIMPD), cujo líder Valdemiro Santiago tem sido alvo de investigações de negócios com o uso do dinheiro da igreja, está promovendo a venda de fronhas dentro de seus templos com o intuito de “ajudar na obra de Deus”. Fieis depositam dinheiro pelas fronhas com a promessa de serem abençoados através disso.
Um fiel chegou a entregar um depósito de R$1500 por 15 fronhas, num culto deste sábado, na sede da igreja no Brás. O pastor ainda tentou “empurrar” um pouco mais dizendo, “Acho que dá para comprar mais um não? 16?”
Segundo o pastor, a fronha faz milagres. Uma vez consagrada a Deus, a fronha passa a estar “com a unção, o poder de Deus”, disse ele durante o culto que foi transmitdo online pelo site oficial da igreja.
Dentro do culto, o pastor também promove a "água ungida" que supostamente opera milagres na vidas das pessoas.
Para falar da "água milagrosa", pessoas vão aos microfones e dizem que foram curadas de alguma doença depois de beber a água ou que tiveram parentes ou conhecidos curados depois que lhes compartilharam a água.
Dentro do culto, mãos levantadas dos fieis com o copinho de água na mão esperando pela bênção do pastor.
“Todos que beberem ou usarem esta água, que o Senhor abençõe grandemente a vida de todos (...) Que muitos venham a estar glorificando o teu nome através do teu poder nesta água, em nome do Senhor. (...) quando eu usar esta água que o milagre aconteça para a honra do teu nome”.
Práticas como essas dentro da Igreja Mundial, classificada dentro das igrejas neopentecostais do Brasil, são condenadas por muitos líderes evangélicos que afirmam que estas são práticas estranhas ao Evangelho.
Uma jornalista, Sarah Corazza, que realizou uma sondagem nas igrejas neopentecostais de Curitiba, afirmou que tais igrejas constituem um eficiente centro de arrecadação de fundos.
O sociólogo Ricardo Marinho, Autor de “Neopentecostais – Sociologia do Novo Pentecostalismo no Brasil”,aponta que a “preocupação dos neopentecostais é com esta vida. O que interessa é o aqui e o agora”.
Recentemente, o apóstolo Valdemiro foi colocado como alvo de investigações da Receita Federal, depois de uma reportagem realizada pelo Domingo Espetacular, mostrando imensas terras compradas em nome do apóstolo, com o dinheiro da igreja.

CP

25/08/2012

Novo filme de Renato Aragão dirá que Jesus fracassou em sua missão na terra

Ontem, 24 de agosto, na coluna Radar on-line, Lauro Jardim contou que vem novo filme de Renato Aragão por aí.
O nome do filme será ‘O Segundo Filho de Deus’ e será dirigido por Paulo Aragão.
Segundo informações, o roteiro será baseado em algumas passagens bíblicas e apresentará um segundo filho enviado por Deus para cumprir a missão na Terra.
“Como Jesus veio à Terra e não conseguiu cumprir a sua missão, porque os homens não deixaram, Deus resolve mandar um segundo filho. Aí, sim, Ele cumpre a missão”, comenta o humorista.

Com informações da Coluna Radar on-line

Pastor da Assembleia de Deus é acusado de pedofilia

A denúncia foi feita pelo pai de uma adolescente que está gravida. O suspeito, de 61 anos, confessou que mantinha relações sexuais com a garota.
Um pastor que trabalhava em uma igreja da Assembleia de Deus, próxima ao terminal Rodoviário, foi encaminhado para a Delegacia, na noite de ontem (24), acusado de pedofilia. Cesar Antônio Caetano, de 61 anos, confessou que mantinha relações sexuais com a adolescente E.K.M.T, de 16 anos e pode responder por estupro. A garota está gravida e o pastor é apontado como o pai da criança.
De acordo com o tenente Rodrigues, o pastor confessou o fato. “Ele confirmou que mantinha relações sexuais com essa adolescente desde que ela tinha 14 anos de idade. Agora ele vai prestar esclarecimentos para o delegado de polícia”, diz.
A denúncia foi feita pelo pai da adolescente, Carlos Roberto Teixeira. “Devido ele fazer esse mal para a minha menina eu corri atrás, chamei a polícia e ele confessou. Ele tem 61 anos, minha menina 16. Por isso chamei a polícia porque fiquei com medo de ele fazer alguma coisa com ela”, diz.
“Estoura a gente por dentro é um pedaço que vai embora. Uma menina nova que acaba com a vida. Agora quero é justiça pra ver no que vai dar, porque não pode deixar do jeito que está. E se tiver mais meninas?”, questiona o pai da adolescente.
Carlos Roberto diz que desconfiava dos encontros entre a filha e o pastor, mas não tinha provas. “Eu já vinha seguindo ela, já vi ela saindo da igreja, mas ela falava que estava fazendo faxina. Muita gente me ligou falando ‘desce aqui que você vai ver’, mas eu ia lá e ela falava que tinha ido pagar uma conta pra igreja ou fazer faxina. E ela não confessava”, destaca.
O pai teme que o relacionamento da filha com o pastor, 45 anos mais velho, prejudique a vida da garota. “Eu não ia deixar isso barato, por isso que tomei essa decisão. Um homem desses, de 61 anos, com uma menina de 16, que futuro que ela vai ter? Acaba com a vida dela. Agora vamos ver o que vai ser. É entregar pra Deus que ele toma conta”, afirma.
A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar o caso. “Vamos averiguar como aconteceu o fato. Aparentemente é um crime de estupro e ele deve responder em liberdade”, diz o delegado de plantão Luiz Antônio da Costa. Caso a Polícia Civil entender que há a necessidade o pastor pode ser preso preventivamente. O acusado é casado e tem três filhas.

Diário de Araxá

Game Show sobre a Bíblia Sagrada

Programa de perguntas e respostas sobre as Escrituras Sagradas estreia hoje nos Estados Unidos.
A Bíblia Sagrada será tema do game show “The American Bible Challenge”, programa de perguntas e respostas, que estreia, em 23 de agosto, na Game Show Network TV (GSNTV), emissora norte-americana especializada em entretenimento multimídia.
A cada semana, três equipes demonstrarão todo o seu conhecimento sobre o Antigo e Novo Testamentos. Os vencedores receberão prêmio em dinheiro, que será integralmente doado a uma instituição de caridade ou ministério de sua escolha.
Durante o programa, os participantes também terão a chance de testemunhar as transformações de vida ocorridas por meio da Palavra de Deus. Saiba mais sobre o game show da Bíblia visitando o site: http://gsntv.com/shows/the-american-bible-challenge/#.

SBB

Troféu Promessas tem mais de 1.200 projetos inscritos em 2ª edição

A cantora Ana Paula Valadão, do grupo mineiro Diante do Trono,
recebe o prêmio de Melhor DVD/Blu-Ray durante a cermônia de entrega
do Troféu Promessas realizada no Rio em 2011
Votação popular da premiação de música gospel começa na segunda (27).
Primeira fase de votação vai selecionar cinco indicados para cada estatueta.
Foram inscritos mais de 1.200 projetos nas onze categorias do Troféu Promessas, maior premiação da música evangélica nacional, realizada pela Geo Eventos e promovida pela Rede Globo. A primeira fase da votação popular começa na segunda-feira (27) no site do Troféu Promessas (veja o site oficial da premiação).
Serão selecionados cinco projetos mais votados de cada categoria para a segunda etapa. Hoje, há 20 indicados para cada estatueta. A categoria campeã no número de inscrições foi a de música, que recebeu quase 300 inscritos.
De 2 a 22 de julho de 2012, bandas, grupos, ministérios de louvor e cantores de várias partes do Brasil inscreveram seus projetos de CDs e DVDs, lançados entre o período de 1º de julho de 2011 a 30 de junho de 2012.
Na última terça-feira (24), o Comitê Gestor, composto por representantes das principais gravadoras e mídias do mercado gospel, realizou reunião em São Paulo (SP) para definir até 20 projetos de cada categoria que entrarão na fase do voto popular.

G1

Assédio incomoda família de ex-Cabo Bruno

A autorização da Justiça que permitiu Florisvaldo de Oliveira, o Cabo Bruno, deixar a prisão na quinta-feira mudou a rotina da família. De acordo com sua mulher, representantes da imprensa de todo o País estiveram na porta de sua casa, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba no Estado de São Paulo, para tentar uma entrevista com o ex-policial militar, que ainda não falou com jornalistas.
Ainda de acordo com a mulher de Oliveira, a pastora e cantora gospel Dayse da Silva Oliveira, a família aguarda um retorno de televisões para uma entrevista no domingo.
Questionada sobre valores para aparição do marido, ela informou que espera proposta das emissoras. "Se é especial (entrevista), tem que dar um valor", argumentou. Segundo ela, o marido está dentro de casa desde que saiu da penitenciária e pouco conversou.
"A gente não quer dar entrevista. O problema é que ninguém vê o outro lado. Ele tem muita gente contra ele e há uma grande exposição. Se aparecer algo bom é pra eles (televisão), e se for coisa ruim fica pra gente", disse Dayse por telefone.
O assédio tem incomodado a família, que prometeu uma coletiva de imprensa para segunda-feira, caso não consiga negociar a aparição exclusiva com alguma emissora de televisão. "A gente está evitando até de ir à igreja. Daqui a pouco ninguém mais vai querer ir para a igreja", comentou sobre um possível afastamento dos fiéis da Igreja Pentecostal Refúgio em Cristo, em Taubaté, também no Vale do Paraíba, onde é pastora e pretende levar o marido. "Estou com repórter dando plantão na porta de casa, não aguento mais", reclamou.
Beneficiado pelo indulto de Natal assinado pela presidente Dilma Rousseff em dezembro, o Cabo Bruno, de 53 anos, ganhou direito à liberdade após 27 anos atrás das grades. Acusado de ser um dos principais justiceiros de São Paulo nos 1980, o ex-policial militar condenado a 117 anos de prisão recebia dinheiro de comerciantes para matar na zona sul da cidade.

Diário do Grande ABC

Religiosidade diminuirá no Brasil, diz escritor e psicólogo americano

Michael Shermer vem ao Brasil para disseminar a dúvida e o questionamento na 6ª edição do Fronteiras do Pensamento.
Diretor da Sociedade Cética, criador da revista Skeptic e articulista semanal da Scientific American, o psicólogo e escritor americano Michael Shermer vem ao Brasil para disseminar a dúvida e o questionamento na 6ª edição do Fronteiras do Pensamento.
Na mala, o cientista traz a certeza de que o ceticismo pode melhorar o planeta.
De fato, ele prevê o arrefecimento da religiosidade da população brasileira com o aumento da prosperidade: "As pessoas se voltam para a religião quando seus governos não fornecem uma estrutura social sólida".
Shermer nem sempre foi tão cético quanto mostra uma das frases de sua entrevista ao Terra: "Eu duvido até que provem o contrário". Durante o ensino médio, ele batia de porta em porta para propagar a palavra do Evangelho. No curso de psicologia, porém, as certezas cristãs começaram a ruir. Por fim, em 1983, competindo como ciclista em um desafio chamado Race Across America, ele percorreu mais de 2 mil km em 83 horas sem dormir e, absolutamente exausto, passou a delirar. Quando seu time de apoio finalmente pediu que ele parasse para descansar, o ciclista pensou que eram alienígenas conduzindo-o para a nave-mãe. Algumas horas de sono o curaram - a nave, afinal, não passava de um motor home bem americano. Essa confusão o levou a estudar com afinco as razões pelas quais os indivíduos encontram explicações estranhas para eventos que não conseguem entender com a razão.
Seu livro mais recente, The believing brain - o qual será lançado em breve no País com o título A mente e a crença, pela JSN Editora - trata exatamente disso. Nele, o autor delineia um panorama das associações e dos processos envolvidos na mecânica cerebral da crença. "O cérebro é uma máquina de crenças", diz Shermer. "A partir dos dados sensoriais que fluem através dos sentidos do cérebro, naturalmente se começa a procurar e encontrar padrões, e então se infundem significados a esses padrões".
Para explicar suas teorias e fomentar o ceticismo, o mestre em Psicologia Experimental e Ph.D. em História da Ciência espera ser recebido por pessoas "curiosas e apaixonadas por compreender o mundo" em Porto Alegre, dia 27, e São Paulo, dia 29. Confira a seguir a entrevista completa com Shermer.

Terra - O que significa ser cético?
Michael Shermer - Ceticismo significa investigação cuidadosa. É manter a mente aberta, mas não tão aberta que seu cérebro caia fora e você passe a acreditar em tudo. Ceticismo é ciência, e os cientistas são céticos porque a maioria das ideias acaba se revelando falsa. Assim, a posição padrão da ciência e do ceticismo é a dúvida: eu duvido até que provem o contrário. Os céticos acreditam na ciência, na razão e na racionalidade. Os céticos acreditam que a mente humana é capaz de resolver problemas e melhorar nossas vidas através da razão. Os céticos são otimistas que têm esperança para o nosso futuro contanto que possam usar a razão e a ciência.

Terra - Qual é o objetivo da ciência em um mundo que procura tanto o sobrenatural?
Shermer - Ciência é um método para responder perguntas sobre o mundo natural com explicações naturais (não sobrenaturais). Ciência é um método sistemático para testar hipóteses acerca do mundo, métodos que podem ser empregados em qualquer lugar, por qualquer pessoa, a qualquer momento. A ciência é aberta e provisória; não Verdades (com V maiúsculo), mas conclusões provisórias baseadas em evidências que podem ser derrubadas se novas evidências surgirem.

Terra - Como pode um cientista ser religioso?
Shermer - Muitos cientistas são religiosos, mas eu acho que eles empregam o que eu chamo de logic-tight compartments (NR: compartimentos cerebrais impermeáveis à lógica) quando eles têm crenças conflitantes. A religião faz coisas que a ciência não faz (como grupos que cozinham sopa e cuidam das pessoas pobres e necessitadas), e a ciência faz coisas que a religião não faz (como a execução de experimentos e coleta de dados para testar hipóteses sobre o mundo).

Terra - O que você acha de James Randi, que oferece US$ 1 milhão para quem provar ser um verdadeiro paranormal?
Shermer - Eu amo o James Randi. Ele é meu amigo e mentor. James Randi é o padrasto do movimento cético moderno. Seu desafio de 1 milhão é uma das coisas mais importantes na história do ceticismo.

Terra - Sobre o seu livro Por que as pessoas acreditam em coisas estranhas (Why People Believe Weird Thing), há uma resposta fácil para esta pergunta? Por que as pessoas acreditam em coisas como horóscopo, tarô, médiuns, óvnis?
Shermer - A principal razão para as pessoas acreditarem em coisas estranhas é porque nós precisamos acreditar em coisas, no geral. Nós fazemos isso procurando padrões na natureza. Nós somos buscadores de padrões. Eu chamo isso de "padronicidade", a tendência de encontrar padrões significativos em ruídos sem sentido. Ufólogos veem um rosto em Marte. Religiosos veem a Virgem Maria ao lado de um edifício. Paranormais ouvem pessoas mortas falarem com eles através de um receptor de rádio.
Os téoricos da conspiração acham que o 11 de setembro foi obra da administração do presidente Bush. É claro que alguns padrões são reais: os germes causam doenças, o DNA é a base da hereditariedade e o presidente Lincoln foi assassinado por uma conspiração. Então a dificuldade está em determinar a diferença entre os padrões verdadeiros e falsos. Quando nós enganosamente acreditamos ter encontrado um padrão, existem dois tipos de erro: o erro tipo 1, o falso positivo, é acreditar que algo é real quando não é; o erro tipo 2, o falso negativo, é não acreditar que algo é real quando é. Por exemplo, acreditar que o farfalhar da grama é um predador perigoso quando é apenas o vento é um erro tipo 1. Isso não é um grande problema, mas acreditar que um predador perigoso é apenas o vento é um erro tipo 2, que pode custar a vida de um animal.
Portanto, teria havido uma seleção natural na evolução dos animais (incluindo primatas como os nossos ancestrais hominídeos) por simplesmente acreditar que todos os padrões são reais. Tais padronicidades, então, significam dizer que as pessoas acreditam em coisas estranhas por causa da nossa necessidade evoluída de acreditar em coisas não estranhas.

Terra - Há quem afirme enxergar espíritos, ouvir vozes e até conversar com seres que já faleceram. Esse tipo de relato é mentiroso?
Shermer - As experiências que as pessoas têm são reais. O que essas experiências representam é algo completamente diferente. A maioria das pessoas não são mentirosas - elas acreditam naquilo que elas pensam ter visto. Mas, na maioria dos casos, elas interpretam erroneamente a experiência.

Terra - Em uma outra entrevista, você comentou sobre a diminuição da religiosidade na Europa e nos EUA. Aqui no Brasil, no entanto, não se nota essa tendência. Qual é o motivo?
Shermer - Eventualmente, a religiosidade vai diminuir no Brasil e nos outros países da América do Sul, à medida que cresce a prosperidade e a confiança das pessoas nos sistemas políticos e econômicos. Uma razão pela qual a religião ainda cresce no Brasil, e em outros países, é que os níveis de confiança entre as pessoas nestes países sul-americanos é baixa, segundo os economistas. As pessoas se voltam para a religião quando seus governos não fornecem uma estrutura social sólida.

Terra - Em seu livro mais recente, The believing brain, você sintetiza 30 anos de suas pesquisas a respeito de como as pessoas formam suas crenças. Dá para sintetizar ainda mais?
Shermer - Minha tese é simples: nós produzimos nossas crenças por uma variedade de razões subjetivas, pessoais, emocionais e psicológicas no contexto de ambientes criados por familiares, amigos, colegas de trabalho, da cultura e da sociedade em geral; após a formação de nossas crenças, nós então defendemos, justificamos e racionalizamo-as com uma série de razões intelectuais, argumentos convincentes e explicações racionais. Crenças vêm em primeiro lugar, e as explicações para as crenças, a seguir.
O cérebro é uma máquina de crenças. A partir dos dados sensoriais que fluem através dos sentidos, o cérebro começa a procurar e encontrar padrões, e então se infundem significados a esses padrões. O primeiro processo eu chamo padronicidade: a tendência para encontrar padrões significativos em ambos os dados, significativos e sem sentido. O segundo processo eu chamo agenticidade: a tendência de infundir padrões com significado e intenção. Nós não podemos evitá-lo. Nossos cérebros evoluíram para ligar os pontos do nosso mundo em padrões significativos que explicam por que as coisas acontecem. Estes padrões significativos se tornam crenças.
Uma vez que as crenças são formadas, o cérebro começa a procurar e encontrar evidências que confirmem e apoiem essas crenças, o que acrescenta um impulso emocional de mais confiança nas crenças e, assim, acelera o processo de reforçá-las, e o processo se transforma em um retorno positivo de confirmação da crença. Bem como, ocasionalmente, as pessoas formam crenças a partir de uma única experiência reveladora em grande parte livre de seu passado pessoal ou da cultura em geral. Mais raro ainda, há aqueles que, ao pesar cuidadosamente as evidências a favor e contra uma posição que já possuem, ou que eles ainda têm de formar uma opinião a respeito, calculam as probabilidades e tomam uma decisão drástica, sem emoção, e não olham para trás.
Essas reversões de crenças são tão raras na religião e na política, que geram manchetes de jornais quando envolvem alguém de destaque, como um clérigo que muda de religião ou um político que muda de partido. Isso acontece, mas é tão raro quanto um cisne negro. Reversões de crenças acontecem com mais frequência na ciência, mas não tão frequentemente como se poderia esperar da visão idealizada do exaltado "método científico", no qual apenas os fatos contam. A razão para isso é que os cientistas são pessoas também, não menos sujeitos aos caprichos da emoção e à força dos traços cognitivos que moldam e reforçam crenças.

Terra - Você está trabalhando em algum novo livro?
Shermer - Meu próximo livro é The Moral Arc of Science: How Science Has Bent the Arc of the Moral Universe Toward Truth, Justice, Freedom, & Prosperity. O livro trata do arco da moral do universo que se volta na direção da verdade, da justiça, da liberdade e da prosperidade, graças à ciência - o tipo de pensamento que envolve razão, racionalidade, empirismo e ceticismo. A Revolução Científica liderada por Copérnico, Galileu e Newton foi tão transformadora, que os pensadores de outros campos conscientemente buscaram revolucionar o mundo social, político e econômico usando os mesmos métodos da ciência. Isso levou à Idade da Razão e do Iluminismo, que por sua vez criou o mundo moderno secular de democracias, direitos, justiça e liberdade.

Terra - Quem você espera que vá te assistir no Fronteiras do Pensamento?
Shermer - Espero que pessoas interessadas em ciência e no pensamento, pessoas que sejam curiosas e apaixonadas por compreender o mundo.

Fronteiras do Pensamento
Concebido em 2006, o Fronteiras do Pensamento é um seminário que reúne conferencistas de diversas áreas da ciência. O foco de 2012 é a participação efetiva do pensador na mudança social.
27 de agosto
Onde: Salão de Atos da UFRGS (Av. Paulo Gama 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre/RS)
Horário: 19h30
29 de agosto
Onde: Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16 - Santa Cecília São Paulo - SP) Horário: 20h30

Terra



24/08/2012

Reverendo pratica o naturismo e se defende com a Bíblia

Bob Horrocks não deixa de usar a indumentária religiosa em Bolton (Inglaterra), onde está a sua paróquia. Mas o reverendo da Igreja Anglicana se sente mais feliz quando está pelado.
O pastor inglês de 55 anos costuma frequentar clubes naturistas nos fins de semana. Em um documentário na TV ele se defendeu usando a Bíblia, garantindo que não há nada anticristão no seu comportamento.

"Se alguém vê um corpo desnudo pensa que é algo sexualizado e que não deveria olhar para ele. As pessoas riem sem graça e se sentem desconfortáveis porque isso não é parte da existência normal delas", contou ao "Manchester Evening News".
O pároco descobriu o naturismo quando fazia viagem de turismo às Ilhas Canárias (Espanha), seis anos atrás.
"Eu me senti livre. Mas, então, por ser um ministro da Igreja, pensei: Isso está certo? Pesquisei na Bíblia e achei várias coisas positivas. Não há nada condenando a simples nudez", defendeu-se o reverendo.

Globo/PNF

Placa ‘Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo’ é alvo de ação judicial e causa polêmica

A placa “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, há seis anos instalada na entrada da cidade, é alvo de ação judicial por parte de dois estudantes de direito e pode ser demolida. Eles alegam que a instalação do marco pela prefeitura, em 2006, estaria ferindo o princípio de laicidade do estado.
Os estudantes de direito Ricardo dos Santos Elias e Henrique Pinheiros da Silva foram os autores da petição feita à Promotoria de Habitação e Urbanismo de Sorocaba para apuração da constitucionalidade ou não do monumento instalado, se fere ou não a laicidade do Estado e a diversidade religiosa.
O promotor de Justiça Jorge Alberto de Oliveira Marum instaurou um processo preliminar para apurar junto à Prefeitura da cidade se a área onde a placa está instalada é pública ou particular. E ainda verificar o valor gasto pelo poder público com o monumento.
Para o jornalista João José de Oliveira Negrão, doutor em Ciências Políticas, afirmar que a cidade pertence à determinada religião, o município acaba excluindo os demais cidadãos que têm os mesmos direitos. “Com isso, o poder público implicitamente dá a entender que os que adoram a outros deuses, ou não adoram a deus nenhum, são menos cidadãos que os outros” afirma.
“[A colocação do painel] foi uma solicitação legítima, assim como tem da Maçonaria, do Lions, enfim, tem uma série de placas na nossa cidade”, argumenta o pastor Luis Santos, vereador e presidente de honra do Conselho de Pastores Evangélicos de Sorocaba.
“...em minha opinião, creio que o painel seria mais adequado se tivesse escrito algo como ‘Os cristãos dessa cidade tem Jesus Cristo como Senhor’ ou então teria que ter várias outras placas, para todas as denominações religiosas. Na dúvida, era melhor que não tivesse lá placa nenhuma”, opina Vanderlei Martinez, presidente do Centro Cultural Brasil-Israel.
Para o padre Tadeu Rocha de Moraes, pároco da Catedral Metropolitana de Sorocaba. “O estado, de fato, é laico. Mas a cultura predominantemente cristã faz parte do Ocidente. Tem como separar cultura e religião? Eu não acho possível”, questiona.

CP

23/08/2012

Rapaz preso por esfaquear padre de Piracicaba ameaçava matar a mãe

Com medo, faxineira de 65 anos dormia com a porta do quarto trancada. Luiz Fernando Gonçalves sofre com problemas psiquiátricos, diz família.
O ataque com faca ao monsenhor Jamil Nassif Abib, de 72 anos, no último domingo (19), em Piracicaba (SP), não foi exatamente uma surpresa para a faxineira Maria dos Anjos Gonçalves, 65. A mãe do autor da tentativa de homicídio já recebe ameaças de morte do rapaz há dois anos e disse que desde 2010 ele sofre com problemas psicológicos. Até o dia do crime, a faxineira dormia com a porta do quarto trancada para se prevenir de um ataque do próprio filho.
Luiz Fernando Gonçalves, 24, invadiu a missa na Catedral de Santo Antônio e esfaqueou o padre. A guardas municipais, o rapaz disse que o crime era um "pedido de Deus". O monsenhor teve ferimentos no tórax e foi operado ainda no domingo. Ele deve ter alta até sexta (24). Gonçalves está preso no Centro de Detenção Provisória de Piracicaba.
Maria relatou que Gonçalves apresenta problemas psicológicos há dois anos. "Ele trabalhava em um supermercado e de repente se demitiu, começou a ficar trancado em casa, a gritar comigo, dizer que ia me matar", afirmou. Ela disse que, em determinada ocasião, o rapaz chegou a quebrar todos os vidros da casa e sumir por uma semana. "Eu tinha medo que ele me fizesse alguma coisa e trancava a porta do meu quarto. Ele dizia que não aguentava o barulho dos meus passos, que não queria me ver na frente dele e que iria me matar", completou a mãe.

Problemas psiquiátricos
Com a ajuda de uma sobrinha, que é enfermeira, Maria chegou a levar Gonçalves a um pronto-socorro público e o caso foi diagnosticado como psiquiátrico. "O problema é que ele se recusava a ser atendido", relatou a mãe. Em casa, o rapaz passava horas tocando violão e lendo a Bíblia em cima do muro ou do telhado de casa.

Pedido de perdão
Maria ainda não tem certeza se vai visitar o filho na cadeia. Ainda abalada com o crime, ela contou que sempre foi católica e não vê razão para o que o filho fez. Ela disse que a única coisa que deseja é pedir perdão ao monsenhor Jamil. "Se eu encontrasse com ele a única coisa a fazer era cair de joelhos e pedir perdão. Eu não desejaria isso que aconteceu nem a um cachorro", completou.

G1

Igreja Assembleia de Deus e bar QG são notificados por som alto

Moradores reclamam que barulho do culto evangélico motivou abaixo assinado; no QG, música vai até a madrugada.
O barulho no local é motivo de reclamação não só no bairro do Farol, mas em outros bairros onde há filiais do bar.
O Ministério Público Estadual (MPE) notificou por poluição sonora a Igreja Assembleia de Deus - Ministério Kainon, localizada na Rua Breno Cansação, no bairro do Jacintinho, e o bar QG, localizado na rua José da Silveira Camerino, no bairro do Pinheiro, ambos em Maceió.
A notificação foi publicada no Diário Oficial do Estado da última segunda-feira (20) e, novamente, ontem.
De acordo com o promotor Alberto Fonseca, o Ministério Público vem intensificando as ações contra poluição sonora desde 2007, quando 80% dos inquéritos civis eram relativos ao problema.
“Hoje esse número reduziu bastante e está em torno de 40% dos inquéritos”, disse o promotor.
Os moradores que residem vizinho à igreja recolheram mais de 40 assinaturas, que foram levadas ao MPE, para reclamar do barulho durante os cultos. Eles afirmam que nas terças-feiras, quintas-feiras e nos domingos, das 19h30 às 22 horas, o barulho no local é grande.
“Já reclamamos e foi motivo de chacota. O pastor disse que está falando a palavra do senhor”, afirmou a moradora Vilma Mendonça, que disse ter pai e mãe idosos e que um deles está acamado e não pode ouvir barulho.
Vilma acrescenta que os moradores já chegaram a acionar a Polícia Militar, mas o problema não foi solucionado.
O morador Marlon Januário afimou que o barulho é intenso e que vários moradores reclamam. “Eu me mudei e voltei a morar por aqui de novo e os moradores sempre reclamam dos barulhos dos cultos”, frisou.
A equipe de reportagem da Tribuna foi à igreja e tentou falar com o pastor, mas não havia ninguém no local. Tentamos obter o número do telefone dele, entretanto os pastores contactados afirmaram não o conhecer.
A reportagem também não conseguiu falar com o proprietário do QG porque ele não estava no bar. O barulho no local é motivo de reclamação não só no bairro do Farol, mas em outros bairros onde há filiais do bar. Os moradores reclamam que é possível ouvir a música alta no local até a madrugada.
O promotor explicou que após a notificação, a Secretaria de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) é acionada para saber se o local possui licenciamento ambiental. Também é acionada a fiscalização da Superintendência de Controle do Convívio Urbano (SMCCU), que vai analisar se o local está de acordo com a legislação urbanística.

MPE
Ação contra poluidores é comum e já fechou vários estabelecimentos.
seca explica que um mês depois da notificação da parte acusada de poluição sonora uma audiência é marcada. “Na audiência, nós concedemos a oportunidade do estabelecimento se adequar e é assinado um Termo de Ajuste e Conduta (TAC)”.
Alberto Fonseca acrescenta que caso o estabelecimento notificado não aceite o TAC, o Ministério Público Estadual ingressa com uma Ação Civil Pública na Justiça contra o poluidor, sob pena de multa diária ou interdição do local, como já ocorreu em algumas situações.

Comum
Ele conta que não é a primeira vez que o QG é notificado. “O QG do petisco, localizado na Avenida Júlio Marques Luz, foi fechado em consequência do barulho”, destacou o promotor. A mesma coisa ocorreu com o Bye Bar Brasil, localizado na Jatiúca, além do Siri Maluco e do Boi Maluco.
O promotor ainda cita o Espetinho do Zé, na Ponta Verde, que se adequou às normas estabelecidas; o Maikai, localizado no bairro Stella Maris, que está sendo monitorado; e a Cachaçaria Água Doce, localizada também no Stella Maris, que realizou um trabalho de contenção acústica.
Segundo Fonseca, o Boteco do Arroz foi notificado e preferiu paralisar as atividades enquanto realiza uma reforma de adequação.
Além destes estabelecimentos, o promotor afirma que o Lampião, localizado na orla de Jatiúca, também foi notificado e está cumprindo o monitoramento.

Tribuna Hoje

Sequestrador chorou ouvindo música gospel, diz filha de Crivella

Filha do ministro da Pesca foi vítima de sequestro-relâmpago em Brasília.
Vítima conseguiu fugir em Ceilândia; marido diz que ela não se machucou.
A arquiteta Deborah Christine Crivella Lopes, 30, filha do ministro da Pesca, Marcelo Crivella, disse no microblog Twitter que o homem que a sequestrou na tarde dessa quarta-feira (22), em Brasília, chorou ao ouvir música gospel. Crivella é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus.
Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, ela foi abordada por um homem armado quando estacionava seu carro, um Hyundai I35, em frente a uma loja na 408 Sul. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o sequestrador obrigou a filha do ministro a dirigir até a região de chácaras de Ceilândia, onde ela conseguiu fugir. O veículo e o celular da vítima foram levados pelo sequestrador.
Em uma mensagem destinada ao cantor gospel Thales Roberto, Deborah Crivella escreveu: “Hoje durante o meu sequestro, pedi para o bandido para eu ligar Suas musicas [músicas do cantor]... Ele foi ouvindo e chorando.”
Deborah também contou no microblog que foi abordada após sair da Igreja Universal do Reino de Deus. “O kra apontou a arma para mim...e a única coisa q eu soube fazer na hr foi gritar:"VC TA AMARRADO EM NOME DE JESUS! NA MINHA VIDA VC N TOCA!"
O marido da arquiteta, que preferiu não ter o nome divulgado, disse que ela ficou bem, apesar de ter saído do carro em movimento. “Está tudo bem, o sequestro foi ontem por volta das 16h e ontem mesmo ela já estava bem. Ela não se machucou”, disse o marido.
De acordo com o marido, Deborah Crivella conseguiu uma carona para voltar para casa. Após registro de ocorrência na delegacia, ela dormiu na casa dos pais.

G1

União afetiva entre três pessoas é oficializada em escritura pública

Um cartório no interior de São Paulo divulgou nesta semana uma Escritura Pública de União Poliafetiva, caso considerado inédito no país. Um homem e duas mulheres da cidade de Tupã, que não tiveram a identidade divulgada pelo cartório, já viviam uma união estável e decidiram declarar oficialmente a vida a três.
De acordo com a tabeliã que registrou a escritura, Cláudia do Nascimento Domingues, a declaração pública foi uma forma de garantir os direitos de família entre eles. “A lei não permite casamentos poligâmicos, mas neste caso, nenhum deles é casado e os três vivem juntos por vontade própria. Há, portanto, uma união estável, um contrato, onde se estabelecem regras, formas de dividir funções e colaborações para a estrutura familiar”, esclarece.
A união poliafetiva é mais uma das muitas formas atuais de família, explica a vice-presidente Instituto Brasileiro de Direito da Família (Ibdfam), Maria Berenice Dias. “O novo conceito de família é mais flexível, não há a necessidade de casamento”.
Com a união oficializada, os três passam a ter direitos, principalmente no caso de separação. “Se tivessem filhos, eles poderiam combinar que todos seriam responsáveis pelos custos da criação. Em uma situação de doença, eles poderiam se visitar e se apresentar como membros da mesma família e, em caso de separação, facilita a organização da divisão de bens e patrimônios”, esclarece Domingues.
Como não existe na Constituição brasileira nenhuma referência sobre a impossibilidade de uma união estável entre três pessoas, o caso não pode ser entendido como um desvio da norma nacional.
A união poliafetiva não abre um precedente jurídico já que a questão não chegou a ser levada a um debate no Judiciário.

A ESCRITURA
“Os declarantes, diante da lacuna legal no reconhecimento desse modelo de união afetiva múltipla e simultânea, intentam estabelecer as regras para garantia de seus direitos e deveres, pretendendo vê-las reconhecidas e respeitadas social, econômica e juridicamente, em caso de questionamentos ou litígios surgidos entre si ou com terceiros, tendo por base os princípios constitucionais da liberdade, dignidade e igualdade.” A frase retirada da Escritura Pública Declaratória de União Poliafetiva resume bem o desejo das partes em tornar pública uma relação que consideram familiar e de união estável. A partir dessa premissa, a escritura trata sobre os direitos e deveres dos conviventes, sobre as relações patrimoniais bem como dispõe sobre a dissolução da união poliafetiva e sobre os efeitos jurídicos desse tipo de união.
A partir da união estável, a escritura estabelece um regime patrimonial de comunhão parcial, análogo ao regime da comunhão parcial de bens estabelecido nos artigos 1.658 a 1.666 do Código Civil Brasileiro. Nesse caso, eles decidiram que um dos conviventes exercerá a administração dos bens. Dentre os direitos e deveres dos conviventes está a assistência material e emocional eventualmente para o bem estar individual e comum; o dever da lealdade e manutenção da harmonia na convivência entre os três.

CB e Jurisdictio

22/08/2012

Jornalista lança livro sobre a discriminação de religiões

O jornalista e escritor Daniel Arasa lançou o livro "Drets Humans i religió a Catalunya. Pau, tolerància i llibertat en una societat secularitzada" para denunciar o retrocesso da liberdade religiosa no mundo, informou a EFE.
Em entrevista à EFE, Arasa disse que "além de países muçulmanos e comunistas, também no Ocidente se está discriminando as religiões". Para o jornalista, os argumentos religiosos não são "igualmente valorizados como os liberais ou ambientalistas" e o ambiente hostil é alimentado, muitas vezes, por "fundamentalismo laico".
Daniel Arasa pediu que os meios de comunicação tentem "equilibrar" o assunto religioso e informem as notícias religiosas com frequência, sem tratá-las de forma pejorativa.

Portal Imprensa

Valdemiro chora na TV e diz que está devendo 30 milhões de reais

Valdemiro Santiago anda dizendo em seus cultos que está devendo 30 milhões de reais para as emissoras em que aluga horários – no caso, Band, Rede TV! e CNT.
Recentemente, Valdemiro conseguiu arrecadar sete milhões de reais com um discurso semelhante para os fiéis da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Lauro Jardim/Veja

Zé Carlos ex-jogador da seleção brasileira revela o milagre do filho dado por Deus

José Carlos de Almeida, mais conhecido como Zé Carlos, ex-jogador da seleção brasileira revelou o processo de milagre de Deus dando um filho a sua esposa, Beta, que não podia engravidar, em entrevista ao site da igreja Lagoinha.
“Minha esposa não podia ter filhos, em todos os médicos ginecologistas que ela ia, todos falavam a mesma coisa: ela precisava fazer um tratamento para engravidar”.
Zé Carlos relata em seu testemunho que o casal levava em seus corações a esperança de que Deus realizaria seus planos na vida deles. Apesar dos diagnósticos negativo dado por médicos nas visitas a consultórios realizadas periodicamente o casal não perdia a fé.
“Deus é maior e se Ele tivesse um plano de nos dar um filho, Ele nos daria”.
O casal sempre acreditou que a última palavra seria a Deus e permaneceu acreditando em um milagre.
Um dia, Beta, que é cantora, foi convidada a ministrar em uma igreja na cidade de Sertãozinho (interior de São Paulo) em dois cultos e foi então que Deus começaria a realizar o sonho do casal.
Zé Carlos conta que após sua esposa ministrar um louvor no primeiro culto, uma mulher da congregação local perguntou a Beta se ela tinha um filho. Ele comenta que a mulher havia comprado um presente para dar a uma outra pessoa que tivera um bebê recentemente, mas que Deus durante o louvor de Beta a orientou a entregar o presente a sua esposa.
"Nesse momento minha esposa emocionada disse: 'Mas irmã, você não me conhece, nunca me viu, como foi comprar um presente pra mim?' E ela respondeu: 'Eu não comprei esse presente pra você, comprei para uma irmã aqui da igreja que recentemente ganhou neném, mas enquanto você louvava o Senhor falou ao meu coração que esse presente não é para irmã, mas para a levita que estava no altar louvando”.
O ex-jogador relata que sua esposa trêmula abriu o presente, minutos antes de iniciar o louvor do próximo culto, e no presente havia três roupinhas de menino recém-nascido, "a coisa mais linda!”. Beta não teve dúvida, disse o atleta, “aquele era o primeiro presente do nosso filho que haveria de vir, dado por Jesus”.
"Ela abriu o período de louvor contando o que havia acabado de acontecer, compartilhou sua dificuldade em engravidar, ergueu as roupinhas para cima e disse: 'Eu não sei quando ele virá, mas o meu Isaac está a caminho'”, disse Zé Carlos.
Zé Carlos conclui seu testemunho dizendo que após a ministração do louvor feito por sua esposa um pastor se propôs a orar pelo casal e durante a oração o pastor disse que em um ano o casal estaria com um filho em seus braços.
A oração segundo Zé Carlos foi feita em 19/11/2006 e o filho do casal nasceu em 19/11/2007 concretizando o milagre prometido por Deus.
“Para mostrar que o que Deus fala cumpre. Deus é FIEL! Minha esposa nunca fez nenhum tratamento, Deus nos deu Lucas porque Ele prometeu. Hoje nosso filho está prestes a fazer cinco aninhos, e é a maior alegria da casa, desde os três anos louva ao Senhor nos cultos”, concluiu o Zé Carlos.
José Carlos de Almeida disputou a Copa do Mundo de 1998 com a camisa do Brasil sem jamais ter jogado uma partida sequer pela Seleção até então. Zé Carlos estreou pela seleção brasileira na marcante semi-final contra a Holanda daquela copa substituindo Cafu, em um jogo que levou o Brasil para a final.

CP

Igrejas mudam rituais para prevenir contágio de gripe A em Marília, SP


Aperto de mão foi suspenso nas celebrações católicas.
Álcool gel é disponibilizado aos fiéis nas evangélicas.
Mais um caso de gripe A foi confirmado nesta terça-feira (21), em Marília, SP. Neste ano já são 13 pessoas com a doença e uma morte. Para prevenir o contágio, as igrejas da cidade estão tomando algumas medidas simples durante as celebrações. O aperto de mãos foi suspenso temporariamente.
A tradicional cerimônia da paz de Cristo nas missas em uma igreja católica deixou temporariamente de fazer parte dos encontros semanais dos fiéis. Neste ano, por orientação da Diocese, cabe aos padres decidir se alteram o ritual para evitar o contágio da gripe A.
"Cada vez a gente procura fazer de uma forma: um aceno, uma lembrança dos que não estão mais aqui. A pessoa coloca no pensamento e reza por aqueles que gostaria de saudar, de dar a paz", informou o padre Rui Rodrigues, da paróquia de Nossa Senhora da Glória.
Já em uma igreja evangélica, a preocupação com o contágio da gripe A também levou a mudanças. Na entrada, os fiéis têm à disposição álcool em gel para higienizar as mãos. As janelas permanecem abertas mesmo nos dias mais frios para melhorar a ventilação. Durante a celebração, o pastor faz questão de lembrar a todos sobre a importância dos cuidados para evitar a doença.
“A orientação é para lavar as mãos, não compartilhar copos descartáveis, talheres em casa. Não só na igreja, mas na nossa vida no dia a dia”, disse o cooperador da igreja, Arlindo Olímpio.
Apesar dos cuidados serem importantes, os especialistas dizem que não há motivo para alarde, já que a cidade não vive um surto. “Houve um surto em 2010 com mortes, principalmente de jovens e gestantes, mas isso não tem acontecido mais”, avisou a médica Giselle Agostinho.

G1

Igreja Universal terá de pagar homem epilético

Alcione Saturnino dos Santos foi agredido por pastores enquanto sofria um ataque de epilepsia em Sumaré.
A Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização a um epilético. A decisão foi do Tribunal de Justiça de São Paulo.
De acordo com a sentença, Alcione Saturnino dos Santos foi agredido por pastores enquanto sofria um ataque de epilepsia. Em depoimento, ele contou que os religiosos diziam que ele estava “possuído pelos espíritos das trevas” enquanto o agrediam.
O caso ocorreu em 2001, em Sumaré, a 120 km de São Paulo. Saturnino relatou que durante um culto começou a sentir-se mal, momento em que avisou os pastores e foi até o fundo do templo para tomar remédios. Segundo a defesa, nesse momento, os pastores teriam agredido Saturnino com socos e falado que ele estava possuído.
Em primeira instância, a Justiça condenou a Igreja Universal, que não se defendeu das acusações dentro do prazo estipulado. Depois, recorreu da decisão, alegando cerceamento de defesa. Os desembargadores foram unânimes ao manter a condenação por entender que não houve nenhum impedimento de defesa, já que, uma vez intimada, foi a igreja quem não se defendeu dentro do prazo legal.
A epilepsia é uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro. Cerca de 50 milhões de pessoas no mundo já tiveram ao menos uma crise da doença. A Igreja Universal foi procurada, mas informou que o atendimento à imprensa se dava somente até as 17h.

Dia a Dia

Depois de Noé, Pôncio Pilatos também pode ganhar filme

Histórias bíblicas como A paixão de Cristo, de Mel Gibson, voltam a ser febre em Hollywood.
Roteiro de longa focado no personagem bíblico foi adquirido pela Warner Bros.
Depois da febre de super-heróis, a nova moda hollywoodiana parece ser personagens bíblicos. Além de Noé, longa sobre o construtor da Arca dirigido por Darren Aronofsky (de Cisne Negro) e protagonizado por Russell Crowe, um outro filme deverá abordar um personagem das escrituras nas telonas.
De acordo com informações do Deadline.com, a Warner Bros. acaba de adquirir um roteiro sobre a história de Pôncio Pilatos. O filme – ainda sem nome definido - contará a vida do prefeito romano desde sua infância até a crucificação de Cristo.
Segundo o site a ideia é manter uma temática semelhante à ficções históricas como Gladiador e Coração Valente, o que poderia significar uma boa dose de realismo às cenas. A paixão de Cristo (2004), longa de Mel Gibson que contou os últimos dias de Jesus, chegou a ser criticado por suas cenas explícitas.
O filme sobre Pilatos integra uma lista crescente de obras hollywoodianas com temática bíblica. Enquanto o Noé de Aronofsky está planejado para estrear em 2014, Will Smith e Paul Verhoeven também pretendem adaptar contos religiosos para o cinema – sobre Caim e Jesus Cristo, respectivamente.

Divirta-se

21/08/2012

Cerca de 100 milhões de cristãos do mundo sofrem perseguição


"Um com eles" é o tema da campanha atual de Portas Abertas.
Setenta por cento da população mundial sofre de algum tipo de perseguição religiosa, de acordo com um estudo divulgado pelo Fórum de Pesquisa Pew sobre Religião e Vida Pública.
A estatística tem sido enfatizada pela Missão Portas Abertas, que espera usar isso para despertar as pessoas em suas campanhas de ajuda aos cristãos perseguidos.
“Um com eles é o nome da campanha que lançamos para afirmar e reforçar o conceito que somos um com o corpo de Cristo em todo o mundo. Para aqueles que vivem no continente americano, isso significa demonstrar solidariedade com os nossos irmãos e irmãs que sofrem em todo o mundo”, disse Carl Moeller, presidente do grupo de vigilância dos direitos humanos de Portas Abertas EUA.
A campanha está vendendo pulseiras pretas de silicone que visam ser um lembrete da situação dos cristãos perseguidos em todo o mundo. A ideia por trás dos acessórios que se parecem com arame farpado é gerar um diálogo sobre o assunto, explica Moeller.
“A pulseira surgiu quando um dos nossos funcionários veio ao nosso escritório e colocou um pedaço de arame farpado em minha mesa e disse ‘podíamos fazer uma pulseira assim’”, disse Moeller.
“Pensamos que pulseiras são usadas para divulgar muitas causas”, continuou, acrescentando que ele já foi perguntado sobre o significado de sua pulseira em muitas ocasiões. Ele explica que sempre usa a curiosidade para falar sobre a perseguição religiosa vivida pelos cristãos.
O material deve ser usado em campanhas similares em todos os países onde o Portas Abertas atua.
Essa é mais uma ação que deve contribuir para popularizar o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida, campanha realizada por Portas Abertas todos os anos.
“A oração é ao mesmo tempo, uma meta de curto e de longo prazo, [e] nós estamos muito interessados em ver a perseguição se tornando uma preocupação maior por parte da igreja”, finaliza Moeller.
De acordo com o estudo realizado pelo Fórum de Pesquisa Pew sobre Religião e Vida Pública , há 100 milhões de cristãos enfrentando perseguição em mais de 60 países ao redor do mundo, simplesmente por causa de sua fé em Jesus Cristo.

Portas Abertas via Surgiu