Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Seita pregava fim do mundo para abusar sexualmente de adolescente em Niterói, diz promotoria

De acordo com o MP, cinco pessoas foram denunciadas.
O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou, nesta sexta-feira (25), cinco pessoas de um seita que usavam a interpretação do fim do mundo do calendário maia para abusar sexualmente de uma adolescente de 17 anos em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a denúncia, o crime ocorreu após a vítima ser submetida a longo processo de tortura psicológica. O MP também pediu a prisão preventiva de Ailton Aires Araujo Junior e Fábio Vasconcelos, líderes do grupo.
Além de Junior e Vasconcelos, também foram denunciados Livia Vasconcelos, Jansen Lima Araujo e Maria Madalena Batista Vasconcelos. Fábio e Lívia são acusados de ajudar Junior a cometer atos libidinosos com a vítima no dia 12 de dezembro de 2012, em uma residência no bairro Badu, em Niterói. Durante seis anos, eles "doutrinaram" a adolescente com ideias esotéricas e ocultistas, associadas a previsões catastróficas quanto ao fim do mundo, a partir de interpretação distorcida do calendário maia, que pregava o fim do mundo entre os dias 21 e 23 de dezembro do ano passado.
Na denúncia, o promotor relata que, valendo-se da fragilidade da vítima, Junior e os demais denunciados a convenceram de que para que ela fosse salva da catástrofe mundial, a vítima deveria ser submetida a uma série de sacrifícios e determinadas provas, dentre as quais o relacionamento sexual com ele. De acordo com as investigações, não houve conjunção carnal, no entanto, foram cometidos diversos atos sexuais com a menor em mais de uma ocasião, tudo sob o argumento de que ela "ultrapassaria o sol e atingiria a purificação e a iluminação" ao se submeter aos rituais.
Além disso, o Promotor de Justiça Rubem Vianna descreveu que, com a ajuda dos denunciados Madalena e Jansen, Junior coagiu a adolescente a fugir da casa de seus pais no dia 20 de dezembro e encontrá-lo em um abrigo, onde estaria protegida do apocalipse.

R7
Tecnologia do Blogger.