Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Católicos saem da igreja e vão para a praça anunciar Evangelho com músicas, testemunhos e catequeses

Iniciativa do Caminho Neocatecumenal decorre em «10 mil praças» de várias cidades do globo.
A Praça dos Álamos, em Évora, vai ser palco de músicas, testemunhos, catequeses e orações, protagonizadas nos próximos cinco domingos por católicos do Caminho Neocatecumenal da Paróquia da Senhora da Saúde.
A divulgação da mensagem cristã em espaços públicos realiza-se “em 10 mil praças” de vários pontos do globo, em resposta ao apelo feito pelo fundador do movimento internacional, o espanhol Kiko Argüello, explicou hoje à Agência ECCLESIA o pároco da comunidade eborense.
“O Papa Francisco está a dar o testemunho de que a Igreja precisa de sair de dentro dela e ir ao encontro das pessoas. Não se trata de uma originalidade mas é um apelo mais forte que temos de acolher e assumir”, frisou o padre Adriano Lavajo.
Depois de saírem da igreja os organizadores dirigem-se em cortejo para a Praça dos Alámos, onde os encontros começam com cânticos e a proclamação de um salmo bíblico, antes da intervenção de um membro do Caminho Neocatecumenal que testemunha os acontecimentos da sua vida que o conduziram à fé, revelou.
O programa continua com a leitura de um excerto da Bíblia, antecedendo uma catequese que a cada domingo desenvolve um tema diferente, como Deus, vocação, conteúdos essenciais da fé cristã, conversão e Igreja enquanto espaço de comunhão e partilha.
As sessões, que estão a envolver cerca de 170 pessoas dos sete grupos do Caminho Neocatecumenal em atividade na paróquia, terminam com um cântico e a bênção de envio, concedida pelo padre Adriano.
Na Praça dos Álamos vai ser colocado um estrado e um ambão para proporcionar “alguma dignidade” ao evento, adiantou o sacerdote, acrescentando que a iniciativa é autorizada pelo município.
“O projeto também é oportuno porque nos encaminha para uma iniciativa mais alargada, a Semana da Fé, que decorre de 12 a 19 de abril em toda a Arquidiocese de Évora”, destacou.
Esta quinta-feira começa a distribuição pelas caixas de correio de um desdobrável com um convite para a iniciativa, procurando cativar quem está afastado da Igreja ou do cristianismo.
“Esperamos que as pessoas fiquem mais sensibilizadas para Cristo ressuscitado, que nos desafia a deixarmo-nos atrair por ele e a vivermos o seu projeto”, explicou o responsável paroquial.
O objetivo dos encontros passa também por “convidar à redescoberta do domingo como dia de encontro com o ressuscitado, para que a existência seja vivida com o sentido da ressurreição”, salientou.
A iniciativa mereceu uma saudação de D. António Vitalino, bispo de Beja, cidade onde os católicos também vão sair das igrejas para o espaço público com o propósito de anunciar o Evangelho.
“Felicito as comunidades do Caminho Neocatecumenal que, nas tardes dos domingos do tempo pascal, estarão no parque de merendas da cidade de Beja a anunciar a alegria da fé, que brota da ressurreição de Jesus”, escreveu na mais recente nota semanal.
Em carta dirigida às comunidades neocatecumenais, Kiko Argüello salienta que, antes de partir para o Conclave no Vaticano, o cardeal Jorge Bergoglio, então arcebispo de Buenos Aires e hoje Papa Francisco, aprovou a realização da iniciativa na capital argentina.

Ecclesia
Tecnologia do Blogger.