Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Bairro com maioria evangélica abrigará Jornada da Juventude

Santa Cruz: bairro de paisagens bucólicas fica na zona oeste do Rio
Encontro da Igreja Católica vai acontecer em região na qual 36,4% da população é protestante, segundo levantamento da prefeitura do Rio.
Quando o assunto é religião, Santa Cruz (bairro que será palco da JMJ – Jornada Mundial da Juventude), tem uma peculiaridade em relação ao resto do Rio de Janeiro. A região de planejamento a qual a área pertence é a única da cidade onde o número de evangélicos é maior do que o de católicos.
De acordo com O Globo, os protestantes são 36,4% dos moradores do bairro – enquanto católicos somam 32,7% do total. Os números foram levantados pelo Instituto Pereira Passos, órgão ligado à prefeitura do Rio. A proporção de evangélicos também é alta em outros bairros da cidade como Campo Grande (36,4%) e Pavuna (32,7%). Segundo o levantamento, o município registrou quedas no número de fiéis que seguem o papa entre 2000 e 2010.
Antes, os católicos eram 61,2% da população; Em 2010, eles totalizavam 51,6%. No mesmo período, evangélicos tradicionais (como luteranos e calvinistas) encolheram de 5,4% para 3,8% da população.
Vinculados a denominações como Assembleia de Deus e Igreja do Evangelho Quadrangular, os pentecostais subiram de 11,3% para 12,6%. Já os neopentecostais (ligados a igrejas como Mundial e Universal) eram 1% há 33 anos e hoje representam uma parcela sete vezes maior da população carioca.

Papabus
Na coluna Painel de hoje, a Folha informa que a prefeitura do Rio planeja criar uma linha de ônibus especial na zona norte da cidade. Ela ligaria o aeroporto do Galeão a estação de metrô Del Castilho e facilitaria a circulação de turistas no Rio durante a JMJ.
Agendado para acontecer entre 23 e 28 de julho, o evento da Igreja Católica terá seu ápice durante uma vigília no dia 27 no chamado Campus Fidei (Campo da fé), que está sendo construído em Guaratiba (próximo a Santa Cruz). Apenas para essa atividade são esperadas cerca de 1,5 milhão de pessoas.
Entretanto, a religiosidade anda mesmo em baixa no estado do Rio. Entre as 20 cidades menos religiosas do Brasil, duas são fluminenses. Situada na região metropolitana da capital, Japeri é a décima colocada.

Exame
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.