Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Cristão decapitado por não se converter ao Hinduísmo

Homem de 35 anos foi morto pelo sogro. A viúva diz que também teme pela sua vida e a do seu filho.
Um cristão de 35 anos foi decapitado na Índia por se recusar a converter ao Hinduísmo.
Tapas Bin era casado com uma mulher tribal na região de Tripura Ocidental e há vários anos que era pressionado pelo seu sogro a converter-se, mas sempre recusou.
Recentemente, perante nova recusa, o sogro Gobinda Jamatiya pediu auxílio a um curandeiro da sua tribo e, juntamente, raptaram e assassinaram Tapas Bin, abandonando o seu cadáver num riacho.
As autoridades ainda procuram Gobinda mas já detiveram o curandeiro, de 42 anos, que forneceu uma descrição detalhada do homicídio, afirmando entre outras coisas que antes de matar a vítima realizou uma cerimónia de oração com Gobinda.
Tapas Bin tinha deixa a sua viúva Jentuly e o filho de um ano. Em declarações reproduzidas pela AsiaNews, Jentuly confessa que o seu pai nunca aceitou o casamento e diz temer agora pela sua própria vida e a do seu filho.

Renascença
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.