Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Evangélico preso em Coruripe é acusado na morte de 16 pessoas

Joel também teria assaltado uma casa lotérica em Maceió.
Dezesseis pessoas foram mortas pelo homem de semblante calmo.
O jeito clássico de se vestir, aliado a forma calma de conversar, poderia ter enganado até mesmo a polícia, que há dias vinha investigando Joel Antônio do Nascimento, 27 anos.
A historia por trás do jovem de semblante calmo é macabra. Não foi a toa que Joel recebeu o titulo de ‘Irmão da 12’. O rapaz, procurado pela polícia pernambucana, é apontado como autor na morte de pelo menos 16 pessoas.

De evangélico a criminoso
Segundo informações da polícia de Pernambuco, logo que iniciou sua vida de crimes, Joel não abandonou a Bíblia, em uma mão carregada uma espingarda calibre 12 e na outra o instrumento de redenção espiritual, e sempre bem vestido, de terno preto.
O local onde residia, comunidade de baixa renda, o Coque, na grande Recife, o jovem recebeu o titulo de ‘Irmão Joel, o terror do Coque’, por conta das atrocidades que cometia e pelo terror que espalhou no local.
Joel foi preso nesta sexta-feira (14), na cidade alagoana de Coruripe, onde vinha mantendo uma vida de playboy. Sempre comprando boas roupas, se hospedando em pousadas e pagando tudo a vista, fato que chamou atenção da polícia e desencadeou a investigação, que acabou em sua prisão.
Com ele a PM alagoana apreendeu dois revolveres calibre 38, além de munições e dinheiro.
Em Alagoas o ‘Irmão da 12’ é apontado como autor de um assalto a uma casa lotérica, na capital, mas a polícia investiga sua participação em outra dezenas de crimes no estado.
Joel Antônio do Nascimento foi preso por policiais do 11º BPM, da 2ª Cia, e foi encaminhado para Delegacia Regional de Penedo, onde permanece preso, mas por conta de sua periculosidade, deve ser transferido para um presídio na capital.

Tribuna Hoje
Tecnologia do Blogger.