Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Invoca religião para aparecer na identidade com escorredor

Lukas Novy, um cidadão checo, afirmou ser um "pastafariano" e pertencer a uma igreja que o obriga a usar um escorredor de esparguete na cabeça. Por isso, exigiu aparecer com o estranho capacete na fotografia do bilhete de identidade. E conseguiu.
A República Checa concedeu permissão a Lukas Novy para usar o escorredor na sua fotografia do documento de identificação, por ser "pastafariano", uma religião. Como invocou motivos religiosos, as autoridades tiveram de lhe permitir a utilização do adereço na foto da identidade -- recusar-lhe o pedido seria violar as leis da igualdade religiosa do país.
"O pedido está em conformidade com as leis da República Checa, o uso de chapéus por motivos religiosos ou médicos é permitido, desde que o rosto esteja descoberto", referiu o porta-voz da cidade de Brno, Pavel Zara, segundo o jornal Daily Mail.
Lukas Novy diz pertencer à Igreja do Monstro do Esparguete Voador (em inglês "Flying Spaghetti Monster"), uma organização satírica que surgiu nos Estados Unidos. Fundada em 2005 por Bobby Henderson, 24 anos, foi uma forma de contestar a decisão do Conselho de Educação de Kansas de ensinar a teoria do "design inteligente" (que diz que a vida foi criada por Deus) juntamente com a Evolução de Darwin.
O caso de Lukas Novy não é o único. Na Áustria, em 2011, um empresário, Niko Alm, foi autorizado a usar o passador na fotografia da carta de condução quando afirmou que o uso do objecto era uma exigência da sua religião. Veja foto a identidade:


DN
Tecnologia do Blogger.