Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Após quase dois mil anos preparam-se ofertas para o novo Templo em Jerusalém

Jerusalém, 20 de Agosto de 2013: ao fim de quase 2 mil anos após a destruição do Segundo Templo, várias organizações judaicas lideradas pelo "Instituto do Templo" realizaram um "ensaio" oficial para a preparação da reinstalação do "sacrifício diário perpétuo" tal como está registado no Livro de Levítico.
Esta é a primeira vez que tal evento é realizado depois do ano 70 d.C., ano em que o Templo foi destruído pelos invasores romanos.
Foi instituída pela primeira vez em 2 mil anos uma escola para o treinamento de coatitas - judeus pertencentes à tribo sacerdotal de Israel - na qual são estudadas todas as implicações relacionadas com a administração do serviço no Templo.
Na semana passada um grupo de coatitas reuniu-se em Jerusalém para aprender como envergar as roupagens especiais criadas pelo Instituto do Templo há alguns anos atrás segundo os requisitos bíblicos e como realizar os "sacrifícios perpétuos" tal como o sacerdócio levítico realizava há muitos anos atrás.

TERCEIRO TEMPLO
O Instituto do Templo tem feito inúmeras preparações para a reconstrução do Terceiro Templo no Monte Moriá, em Jerusalém, apesar da constante oposição da polícia israelita que teme violentas reacções por parte dos muçulmanos que dominam a esplanada do Templo, presente ocupado pela mesquita de Al Aqsa e pelo Domo da Rocha. O grupo tem mesmo assim continuado os preparativos e já iniciou a construção das fundações para o altar, tendo já completado a fabricação das lâmpadas, da bacia, da coroa de ouro, tendo também iniciado os projectos para uma câmara especial reservada para o Sinédrio dentro do espaço do Templo.
Os coatitas têm andado activos na preparação para a reconstrução do Terceiro templo, tendo em 2007 recitado já a primeira bênção sacerdotal no Monte do Templo ao fim de mais de 1900 anos.
"Nesse mesmo dia 20 de Agosto, juntamente com um grupo de 38 pessoas, dirigimo-nos ao Instituto do Templo, tendo estranhado encontrar a porta fechada, poisas imaginávamos que nesse mesmo dia se estava a desenrolar tão importante evento, oculto aos nossos olhos curiosos, mas visível no coração de todos quantos aguardam a vinda do Messias".

Shalom Israel
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.