Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Russos fundam Igreja do Meteorito de Chelyabinsk

Corpo celeste seria uma espécie de “tábua de Moisés”.
O meteorito de Chelyabinsk cruzou o céu da cidade no dia 15 de fevereiro.
Aproximadamente, 50 russos da região dos Urais se uniram e fundaram a Igreja do Meteorito de Chelyabinsk, que, como o nome sugere, pretende adorar o objeto celeste que caiu no país em fevereiro deste ano. Os adeptos da nova fé exigem que se lhes entregue um dos pedaços do corpo celeste que caiu no lago Chebarkul e que, ainda, se encontra no fundo de suas águas.
O líder espiritual do grupo, Andrei Breivichko, argumenta que o condrito carbonáceo de Chelyabinsk contém informações sobre a organização do universo, bem como "um código de normas morais e legais" que irá ajudar a humanidade a viver "uma nova etapa de desenvolvimento dos conhecimentos espirituais".
Segundo Breivichko e outros seguidores do culto, os dados gravados na pedra espacial são como "as tábuas de Moisés", mas precisam ser decifrados pelos sacerdotes da nova igreja. Para fazer isso, aqueles que acreditam no valor excepcional do meteorito querem se registrar como um grupo religioso e construir um templo de culto, onde também pretendem colocar um fragmento do corpo celeste.
Enquanto isso, autoridades da região asseguraram que, uma vez tirado do fundo do lago Chebarkul, o meteorito se tornará propriedade da província de Chelyabinsk e, provavelmente, passará a integrar a coleção de algum museu regional.
Mais de mil pessoas ficaram feridas quando o corpo celeste flamejante sobrevoou a região dos Urais em 15 de fevereiro, a maioria por conta dos vidros das janelas que se quebraram com a enorme onda de choque causada pelo impacto.

Diário da Rússia
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.