Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Violência atinge templos e igrejas em Maceió - Veja o vídeo

A violência que atinge bairros e estabelecimentos comerciais de Maceió chega também às igrejas e templos religiosos. Os fiéis estão assustados. Nem a segurança reforçada com equipamentos eletrônicos consegue evitar os roubos.
Mesmo no centro da cidade e sempre cheia de fiéis, a Catedral Metropolitana de Maceió deixa os devotos inseguros. "Tenho fé em Deus, mas fico sempre de olho na bolsa", diz uma fiel ao sair da igreja.
O medo tem um motivo: durante os festejos a Nossa Senhora dos Prazeres, padroeira da capital, bandidos aproveitaram o movimento para roubar um microfone da igreja. O circuito interno de câmeras registrou a ação. "Entregamos as imagens à polícia e agora cabe aos oficiais identificar a pessoa", diz o padre Lídio José, administrador paroquial.
Os fiéis evangélicos também sofrem com a violência. O pastor de uma igreja na Ponta Verde, que prefere não se identificar, disse que investiu alto em segurança. Além de colocar homens nas redondezas do prédio em dias de culto, também instalou 34 câmeras para inibir a ação de bandidos dentro e fora da igreja. Mesmo assim, na semana passada, as câmeras registraram a entrada de um casal que furtou uma bolsa e saiu normalmente sem levantar suspeita.
"É uma situação lamentável que toda população tem vivido e as igrejas e tão passando por essa situação também. O que nós temos que fazer é continuar pregando o evangelho, falando do amor de Cristo para que vidas sejam transformadas", diz o pastor.
No Tabuleiro do Martins, uma igreja batista colocou cerca elétrica e contratou uma empresa de segurança 24 horas com alarmes para sensores de presença. Mesmo assim, este ano, o pastor conta que bandidos entraram no local por uma área que não é coberta pelo sistema de sensores.
Eles teriam empurrado um ar-condicionado e entrado pelo buraco do aparelho, roubando um teclado e um aparelho de DVD. Depois do susto, ele teve que providenciar grades para o local e aumentar o comprimento do muro. Tudo para melhorar a sensação de segurança na igreja.
"É inadmissível as pessoas não respeitarem mais nem o espaço de culto, espaço religiosos, espaço de sagrado, por isso temos que tomar cuidado até na casa de Deus para que não ocorra transtornos", afirma o pastor.

video


Bom Dia Alagoas
Tecnologia do Blogger.