Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Jesuíta propõe nome de mulheres ao cardinalato

O padre jesuíta James Keenan defendeu, em postagem na sua página pessoal no Facebook, a candidatura de mulheres ao cardinalato da Igreja Católica.
O professor de Teologia Moral no Boston College apresentou, inclusive, três nomes de mulheres que poderiam postular uma cadeira no colégio de cardeais.
Aparecem na lista de Keenan a professora de ecumenismo no Trinity College de Dublin, Linda Hogan, a professora de teologia no Instituto Católico da África Ocidental, irma Teresa Okure, da Nigéria, e a diretora adjunta do Serviço Jesuíta aos Refugiados da Austrália, Maryanne Loughry.
"Não deveríamos usar as redes sociais para colocar alguns nomes lá?" - indagou Keenan no Facebook, sugerindo que pessoas acrescentem nomes à lista de mulheres de seus próprios países que poderiam ser boas cardinalesas.

ALC
Tecnologia do Blogger.