Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Coreia do Norte poderá ter executado 80 pessoas por posses de Bíblia e pornografia

A Coreia do Norte executou alegadamente 80 pessoas este mês por delitos menores, em sete cidades do país.
De acordo com informação vinculada esta segunda-feira, 11 de Novembro, pela imprensa sul-coreana, o regime de Kim Jong-un executou publicamente 80 pessoas por actos considerados de delituosos, nomeadamente estar na posse de uma Bíblia, assistir a vídeos de entretenimento oriundos do Sul ou distribuir pornografia.
O diário JoongAng avança que milhares de cidadãos, incluindo crianças, foram obrigados a assistir às execuções que decorreram no início deste mês em sete cidades do país, entre as quais, Wonsan, Chongjin e Sariwon.
O regime de Pyongyang considera como delito assistir ou contrabandear filmes sul-coreanos, distribuir conteúdos pornográficos, possuir Bíblias ou trabalhar na prostituição.
Em meados de Agosto, a imprensa sul-coreana avançara que vários músicos tinham sido executados no país vizinho, incluindo uma ex-namorada de Jong-un, por alegadamente distribuírem vídeos pornográficos.

PNN Portuguese News Network
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.