Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor que sumiu em Parnamirim, RN, aparece em praia do litoral Sul

Paulo Sérgio Bevenuto, disse que tomou alto dose de remédio e se perdeu.
Ele entrou e contato com a mãe na manhã desta sexta-feira (15).
Foi encontrado no final da manhã desta sexta-feira (15) no município de Baía Formosa, a 95 quilômetros de Natal, o pastor evangélico Paulo Sérgio Pereira Bevenuto, de 40 anos, que havia desaparecido na última quinta-feira (14), quando havia saído para trabalhar no município de Parnamirim, na Grande Natal. Sérgio entrou em contato com mãe por telefone e disse que havia ficado desorientado após tomar uma dosagem alta de medicamento para depressão. A informação foi confirmada pela mulher do pastor, Alba Bevenuto. "Ele disse que se enganou com a dosagem do remédio e no meio do caminho para Campina Grande não sabia mais onde estava", disse ela.
Depois que o efeito do remédio passou, Sérgio explicou à mulher que procurou uma pousada em Baía Formosa para dormir pois já era tarde da noite. No dia seguinte o pastor entrou em contato com a mãe e explicou o sumiço. "Ele ligou para a mãe dele no fim da manhã e pediu para ela entrar em contato comigo e avisar que estava bem e que já estava voltando para casa", disse a mulher do pastor.

O desaparecimento
Sérgio Pereira Bevenuto, de 40 anos, mora no município de Parnamirim, na Grande Natal, e saiu de casa por volta das 9h da quinta dizendo que estava indo trabalhar. Desde então, segundo a família, ele não dá notícias. A esposa do pastor, Alba Bevenuto, disse ao G1 que Sérgio trabalha com entrega de álbuns fotográficos e teria saído com destino à Campina Grande, na Paraíba.
A família registrou o desaparecimento do pastor na Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal ainda na noite de quarta (13). Ainda de acordo com Alba, o marido havia sido diagnosticado recentemente com quadro de depressão. "Ele foi diagnosticado com depressão. Tinha parado de tomar o remédio por ordem do médico, mas fez uma consulta na terça-feira (12) e o médico disse que iria aumentar a dosagem. A quarta foi o primeiro dia com a nova dosagem", explicou.
A mulher do pastor disse também que esta é a segunda vez que Paulo Sérgio desaparece. "Na primeira vez que ele sumiu a mãe dele ligou pra mim e disse que ele chegou lá chorando, mas não falava o motivo". Após o segundo sumiço, o pastor chegou a entrar em contato com uma prima que mora em Mãe Luiza, por volta das 9h30 de quarta e disse não saber onde estava. "Ela pediu para ele procurar uma placa, mas ele disse que estava em uma estrada e desligou", conta Alba.
De Campina Grande, Paulo Sérgio deveria ir para Recife, onde encontraria com uma das pessoas com quem trabalha. De acordo com a família, os patrões do pastor também tentaram entrar em contato com ele, mas não tiveram sucesso.

G1
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.