Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Evangélicos querem constituir partido político

A agrupação política nacional Encontro Social, vinculado a igrejas evangélicas, procura cumprir exigências legais para se tornar um partido político aberto a cidadãos e cidadãs que se identificam com a sua visão política, mesmo que professem outras crenças.
O PES declara-se ideologicamente de centro. A agremiação defende a separação de Igreja e Estado, portanto não aprova a participação de igrejas na política, mas quer o envolvimento de cristãos na política. Seu estatuto defende a observância dos direitos humanos, o respeito à vida, à moral e aos bons costumes.
A Arquidiocese do México pediu ao Instituto Federal Eleitoral (IFE) que a legislação seja cumprida antes de outorgar qualquer licença ao PES. A Igreja Católica não se opõe a que ministros de culto participem de atividades políticas, desde que respeitada a lei, declarou o porta-voz da arquidiocese, Hugo Valdemar. Disse ainda que o Direito Canônico proíbe o envolvimento da Igreja Católica na política mexicana.

ALC
Tecnologia do Blogger.