Header Ads



ATUALIZADAS
recent

'Eu sou a Matrix de Deus no carnaval', diz Baby do Brasil

Artista comanda o Bloco 'Os Mascarados', junto com o filho Pedro Baby.
Trio sem cordas sai às ruas na quinta-feira (27); foliões brincam fantasiados.
"Eu sou a Matrix de Deus no carnaval", diz Baby do Brasil, a primeira mulher a cantar em cima de um trio elétrico, na década de 70, junto com os Novos Baianos. É com essa afirmativa que a "cantora telúrica" volta a comandar um trio no carnaval de Salvador. Neste ano de 2014 ela traz o filho Pedro Baby, quarto dos seis filhos com o também guitarrista Pepeu Gomes, para acompanhá-la no comando do bloco "Os Mascarados". O trio desfila na "Carnaval é uma coisa muito louca porque para mim me remete aqueles tempos em que a gente colocava os meninos no pescoço, aqui em cima do ombro, e vinha com panela, com vontade de brincar, vendo Dodô e Osmar, Armandinho garotinho, vendo depois o Tapajós. Para mim está acontecendo uma coisa interessante, porque ano passado eu recusei fazer tudo já que o que tinha para mim. Era um trio que eu não considerei em um nível técnico bacana. E esse ano é diferente", lembra a artista.
A cantora volta a capital baiana para tocar músicas próprias e sucessos dos Novos Baianos, grupo que integrou e ajudou a fundar na década de 1970. Clássicos como "Menino do Rio", "Telúrica", "Sem pecado e sem juízo", "Todo dia era dia de índio", "Tinindo Trincando" e "Barrados na Disneylândia" estão na lista.
Baby do Brasil possui uma relação forte com o carnaval de Salvador, desde que integrava a banda formada por Pepeu Gomes, Moraes Moreira, Paulinho Boca de Cantor, Luiz Galvão e outros, ela se tornou a primeira cantora a puxar um trio elétrico. Antes dela, somente Moraes Moreira tinha subido no trio.


Borboletas na Folia
Um dos pontos de maior sucesso no carnaval baiano é a Praça Castro Alves, reduto no qual Baby conhece de olhos vendados. Foi lá que ela se consagrou, sendo estrela do carnaval durante anos. A artista foi, inclusive, um dos nomes que deu força para revitalizar a região.
"Não tem coisa mais gostosa do que ter um trio em um lado, um trio em outro e o dia vai amanhecendo, os pássaros vão chegando, as borboletas aparecendo. É uma loucura, é lindo aquele amanhecer. Os turistas amam, os brasileiros se deliciam, então quem sabe a gente consegue um encontro de trios esse ano. Tudo pode acontecer", diz Baby sobre os encontros de trios na Praça Castro Alves.

G1
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.