Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Escola proíbe verso da Bíblia em cartão de Dia dos Namorados

O casal Donald e Ellen Abramo entrou com um processo contra a Nazareth Area School District.
Uma escola dos EUA causou controvérsia ao entrar em uma batalha judicial com os pais de um aluno que foi proibido de distribuir cartões de Valentine's Day, o Dia dos Namorados norte-americano. De acordo com as informações, os cartões foram vetados por conter mensagens religiosas.
O casal Donald e Ellen Abramo entrou com um processo contra a Nazareth Area School District, escola localizada na cidade de Northampton County, ao alegar que foram violados os direitos constitucionais de liberdade de expressão do jovem, identificado como "JA".
O cartão fazia menção a São Valentim, o santo homenageado no Valentine's Day, além de uma referência ao verso da Bíblia de João 3:16. No instante que viu as notas, professora de JA passou a recolhe-las uma por uma, dizendo que mensagens religiosas não podiam ser distribuídas nas imediações da escola.
O mais curioso do caso é que o irmão do estudante conseguiu distribuir os mesmos cartões em sua sala para alunos mais novos. Entretanto, o garoto não foi repreendido por conta de um deslize de sua professora, que não percebeu o conteúdo religioso.
Para se defender, a família Abramo recebe apoio do órgão cristão Aliança em Defesa da Liberdade, que está solicitando que o distrito escolar altere sua política para permitir a distribuição de materiais religiosos durante o tempo de atividade em classe.
Como argumento, o grupo também questiona o fato da escola liberar demais referências em outros cartões, como é o caso de imagens de soldados de Star Wars com armas ou figuras de crânios, que não foram censuradas.
"Ficamos incomodados quando vemos todas as outras coisas recebendo permissão e então, aqui está uma mensagem sobre namorados com a citação de um versículo da Bíblia, se tornando o único retirado de cena e censurado", afirmou Matt Sharp, advogado da Aliança em Defesa da Liberdade.

CP

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.