Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Bispo gay divorcia-se do marido

Gene Robinson, o primeiro bispo da Igreja Episcopal dos Estados Unidos que tornou público ser homossexual, anunciou que iria divorciar-se do seu marido, com quem vivia há 25 anos.
O bispo Gene Robinson escreveu uma crónica no site The Daily Beast onde disse estar "eternamente grato" a Mark Andrew mas que os detalhes da separação são privados.
A ordenação de Gene Robinson como bispo da diocese de New Hampshire, em 2003, dividiu a comunidade anglicana local.
Nos Estados Unidos, centenas de paróquias romperam com a Igreja Episcopal - uma igreja anglicana norte-americana - em protesto, formando uma nova Igreja Anglicana na América do Norte.
O bispo tornou-se num símbolo do movimento dos direitos da comunidade LGBT e um defensor do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Na sua crónica, o bispo Robinson, que se reformou em 2012, ainda escreveu que a separação era "um pequeno conforto" no sentido de perceber que os casais de gays e lésbicas "estão sujeitos às mesmas complicações e dificuldades que atingem os casamentos entre heterossexuais". Referindo que o amor vai continuar, acrescentou que "o amor pode suportar o que um casamento por vezes não pode".
O casal casou numa cerimónia privada em 2003.
O bispo Gene Robinson, de 66 anos, já havia casado com uma mulher com quem teve dois filhos. Divorciaram-se amigavelmente em 1985 conscientes da sua sexualidade.

DN
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.