Header Ads

ATUALIZADAS
recent

"Judeus orarão no Monte do Templo" - promete ministro israelita

O ministro israelita para os assuntos religiosos, Eli Ben-Dahan, reiterou num video postado no youtube esta semana que o governo israelita está preparando novos regulamentos que finalmente permitirão aos judeus orar no lugar mais sagrado para o judaísmo: o Monte do Templo, em Jerusalém.
"Acredito e espero que o primeiro-ministro e o seu governo adoptem estes regulamentos...permitindo a qualquer judeu que queira subir ao Monte do Templo para orar poder fazê-lo" - declarou Ben-Dahan numa mensagem em video endereçada a uma conferência de emergência organizada pelo "Projecto Liba para a Liberdade Judaica no Monte do Templo."
"A realidade segundo a qual...só os judeus estão proibidos de orar no Monte do Templo não faz sentido e não é razoável" - prosseguiu o ministro, acrescentando: "Eu espero, com a ajuda de Deus, que possamos ser bem sucedidos em alterar isto muito em breve."

PASTOR EVANGÉLICO EXPULSO DO MONTE
Esta conferência contou com a participação pessoal de vários políticos israelitas, bem como a do pastor evangélico norte-americano Keith Johnson, que foi recentemente expulso do Monte do Templo quando os inquilinos muçulmanos do lugar ficaram indispostos com a sua interacção fraterna com activistas judeus.
"Eu não estava a quebrar as regras ilegais deles. orando ou lendo a Bíblia" - queixou-se o pastor (video acima), acrescentando: "Fui removido do Monte do Templo porque cumprimentei inocentemente o meu amigo rabino Yehuda Glick (director do Projecto Liba) e o apresentei ao grupo que estava liderando."
O pastor Keith desafiou as autoridades israelitas a deixarem de se acobardar perante a intimidação islâmica, e a encontrarem uma forma de deixarem os judeus exercer a sua liberdade religiosa em todas as partes da Terra de Israel, muito em especial no Monte do Templo.

"BASTA!"
Esta mensagem do pastor Johnson no video é um forte apelo às autoridades de Israel e um "basta!" às constantes provocações dos muçulmanos que se arrogam de senhores do espaço, uma mensagem que pessoalmente subscrevo a 100%, uma vez que também já fui fisicamente oprimido por um líder muçulmano no Monte do Templo pelo simples facto de estar a ler e a comentar textos bíblicos diante do grupo que conduzia naquele lugar...
Queira Deus que muito em breve os judeus - os únicos donos daquele histórico lugar tão sagrado para Israel - possam novamente orar no espaço comprado pelo rei David para a construção do grande Templo que o seu filho Salomão edificou ao Senhor Deus!


Shalom Israel
Tecnologia do Blogger.