Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Judeus ultraortodoxos protestam em Jerusalém antes de visita do Papa

Centenas de judeus ultraortodoxos protestaram nesta segunda-feira perto do Cenáculo, em Jerusalém, para exigir que Israel mantenha o controle sobre o local, onde o Papa celebrará uma missa em duas semanas.
O lugar é sagrado para os judeus porque, supostamente, é onde está o túmulo do rei Davi, e também e onde teria acontecia a Última Ceia, de Jesus Cristo com seus discípulos.
"Assim que o status quo do local for alterado, ocorrerão coisas nefastas", advertiu um dos manifestantes, o rabino Avraham Goldstein, que acusa o governo de Israel de querer ceder o Cenáculo ao Vaticano.
O templo foi administrado por franciscanos no século XIV, que depois foram expulsos, e atualmente faz parte de negociações entre o governo israelense e a Santa Sé, que quer recuperar seu controle.
Durante sua visita ao Vaticano em 30 de abril, o presidente de Israel, Shimon Peres, declarou a um jornal italiano que um compromisso tinha sido acertado sobre o Cenáculo. mas nenhum anúncio foi feito desde então.
O papa Francisco realizará sua primeira viagem à Terra Santa entre 24 e 26 de maio, e vai celebrar uma missa no local.

AFP via Estado de Minas
Tecnologia do Blogger.