Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Cristãos exigem restituição de escola nacionalizada

Comunidade religiosa organizou uma manifestação pacífica para pedir ao governo que devolva à Igreja uma escola secundária nacionalizada em 1972. O estabelecimento de ensino era considerado um dos melhores da cidade de Lahore.
Mais de 1.500 pessoas reuniram-se esta semana na cidade de Lahore, num protesto pacífico, para exigir ao governo do Paquistão que restitua a Escola Secundária de São Francisco, no bairro de Anarkali, nacionalizada em 1972. Após a manifestação, liderada pelo arcebispo Sebastian Francis Shaw, alguns sacerdotes e líderes de organizações de defesa dos direitos humanos dirigiram-se à residência do governador para entregar um memorando.
Antes de ser nacionalizada, a secundária de São Francisco tinha mais de mil alunos e era considerada uma das melhores da cidade. Agora, tem algumas centenas de estudantes e o edifício está degradado. Os líderes da comunidade local, citados pela agência Misna, alegam que a não restituição da escola à Igreja poderá estar relacionada com o interesse no terreno por parte de grupos especuladores.
Instalado numa zona comercial, o estabelecimento recebia sobretudo as crianças dos bairros de trabalhadores e, durante décadas, foi a melhor fonte de educação para a população predominantemente não cristã de Anarkali, nomeadamente hindus, muçulmanos e sikhs. O presidente do Partido Nacional Cristão do Paquistão, Joseph Francis, promete continuar com os protestos até que a escola seja restituída à comunidade cristã.

FM
Tecnologia do Blogger.