Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Preso suspeito de vender assinatura falsa de jornal a freiras, padres e pastores

A polícia deteve nesta manhã de quinta-feira (19), dia de Corpus Christi, Walter Lins dos Santos, suspeito de praticar o crime de estelionato contra freiras, padres, pastores e outros religiosos em Maceió. Ele foi flagrado recebendo dinheiro de freiras do convento São Judas Tadeu, no bairro da Serraria, após vender assinaturas falsas de jornal.
Walter, segundo apurou a Polícia Civil, afirmava aos seus “clientes” que era vendedor de assinatura de um jornal de circulação diária em Alagoas. Ele efetuava o negócio, recebia o dinheiro, mas não enviava o produto.
Isso porque o suspeito não tem qualquer vínculo com a empresa, nem autorização para realizar a venda de assinaturas. A polícia apreendeu um recibo de renovação de assinatura anual, que tem até um carimbo falso da empresa, no qual foi cobrado R$ 449,90 da vítima, que já era assinante.
De acordo com as primeiras informações colhidas pelo delegado Alexandre César, da Central de Flagrantes, o homem só atuava dando golpes em religiosos porque são pessoas que não costumam se envolver com a polícia e têm resistência em prestar queixa.
Esse é exatamente o problema enfrentado no caso, em que a ausência de vítimas está impedindo o delegado de autuar o suspeito em flagrante por estelionato, apesar de todas as provas.
Walter tem passagem pelas polícias de Goiás, Paraná, Bahia e Rio de Janeiro, por estelionato, roubo e furto.
Ao TNH1, o suspeito afirmou que só vendeu duas assinaturas em Maceió, mas não disse por que cometeu o crime. Ele continua detido na Central.

TNH1
Tecnologia do Blogger.