Header Ads

ATUALIZADAS
recent

'Não era a vontade dele', diz mãe de desaparecido durante batismo no RS

Menino de 15 anos participava de celebração evangélica em Restinga Seca.
Adolescente foi levado pela correnteza durante ritual no Rio Jacuí.
A mãe do jovem de 15 anos que desapareceu enquanto era batizado no Rio Jacuí em Restinga Seca, na Região Central do Rio Grande do Sul, disse que o menino não estava pronto para ser batizado. Ao lamentar a morte do filho, a mulher, no entanto, afirmou que a Igreja Evangélica Nosso Senhor Jesus Cristo insistiu que o adolescente participasse da cerimônia.
“Ele dizia que não estava pronto ainda, não era a vontade dele, mas... insistiu, e ele veio”, lamenta Zenilda Carvalho. Segundo testemunhas, o adolescente escapou das mãos de um dos religiosos durante o ritual e foi levado pela correnteza.
Desde a última sexta-feira (19), parentes e amigos do adolescente não saem da beira do rio. Com dois barcos, auxiliam o Corpo de Bombeiros nas buscas. “É um local de difícil acesso. Temos aqui muitas árvores submersas, e é uma região de bastante pedras também. Com certeza não é recomendado para nada, nem para prática de banho”, descreve o tenente Jônatas Gabriel, comandante dos bombeiros de Restinga Seca.
O nível do Rio Jacuí estava alto quando um missionário da igreja evangélica Nosso Senhor Jesus Cristo começou o ritual de mergulhar um grupo de sete pessoas na água. Quando chegou a vez do menino, ele foi levado pela forte correnteza.
A Igreja Evangélica Nosso Senhor Jesus Cristo não quis se manifestar sobre o caso. A Polícia Civil vai investigar o caso.

G1
Tecnologia do Blogger.