Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Após abordagem de deliquantes, pastor é morto a tiros em Fortaleza, CE

Vítima trafegava com vidro fechado e teria se recusado a abri-lo diante da abordagem. Autores do crime são dois jovens que "surfavam" sobre trem.
O pastor evangélico Paulo César de Araújo, 46, foi morto em uma tentativa de assalto, na tarde de ontem, entre as avenidas Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa) e Santos Dumont. De acordo com a Polícia Militar, o pastor foi abordado por dois jovens que desceram de um trem de cargas em movimento. O homem também trabalhava na Secretaria Regional II, da Prefeitura.
O crime aconteceu por volta das 16 horas. A vítima estava sozinha em um Celta preto. Segundo a Polícia, ele estava indo buscar a filha na faculdade. O veículo estava parado em um semáforo, próximo à avenida Santos Dumont, com o vidro fechado, quando foi abordado, provavelmente por adolescentes, que estavam “surfando” sobre um trem e desceram em direção à Via Expressa.
Paulo César teria se recusado a abrir o vidro diante da abordagem. Um dos jovens atirou contra o pastor, que foi atingido no peito. Mesmo baleado, ele conseguiu dirigir e ainda dobrou à direita na avenida Santos Dumont. O veículo parou em frente à loja Aldeota Tintas.
Após os tiros, os jovens voltaram em direção ao trilho e conseguiram fugir subindo em outro trem. Segundo o tenente-coronel Sávio Bezerra, comandante da Área Integrada de Segurança (AIS) 3, havia PMs do 8º Batalhão próximo ao local, mas eles não conseguiram ver os assaltantes.
Segundo o delegado Bruno Montagnoli, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a Polícia busca imagens que possam ter flagrado o crime. Até a noite de ontem, ninguém havia sido preso.

Pastor
O pastor Paulo César pertencia à igreja Assembleia de Deus Ministério Montese. O pastor Gelson Ferraz, vereador de Fortaleza pelo PRB, conta que conhecia a vítima há alguns anos. Paulo César deixou esposa e filha. “O sonho dele era ver a filha formada”, diz Ferraz.
A avenida Via Expressa é conhecida pela prática constante de assaltos a motoristas. O comandante da AIS 3 reconhece que a área “é considerada crítica”. Ele informou que havia reforço policial nos arredores e que várias prisões já foram realizadas.
Em agosto do ano passado, O POVO publicou matéria sobre jovens que “surfavam” em trens nos cruzamentos da Via Expressa com Santos Dumont e Padre Antônio Tomás.
Moradores da Comunidade do Trilho, motoristas e comerciantes denunciaram que os mesmos adolescentes aproveitavam os engarrafamentos para assaltar motoristas.

Com informações de O Povo
Tecnologia do Blogger.