Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Falsificador de documentos, que diz ser pastor, é preso

Homem teria admitido a prática e se apresentou como pastor de igreja.
Para a PM ele disse que ajudava fiéis a conseguir emprego.
O Serviço Reservado da Polícia Militar (PM) deteve, na tarde desta sexta-feira (31), um suposto pastor evangélico, por falsificação de documentos. De acordo com informações da PM, uma denúncia anônima indicou a movimentação em uma casa no bairro Parque Cidade Luz, no subdistrito de Guarus, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.
Os oficiais chegaram ao local apontado pela denúncia e flagraram a ação. Auremi Pereira Lacerda, de 51 anos, teria admitido a prática e se apresentou como pastor da igreja Assembleia de Deus. Segundo os policiais, ele disse que estava ajudando os fiéis a conseguir emprego.
Ainda de acordo com a polícia, o homem falsificava carteiras de trabalho e diplomas. Entre o material apreendido havia carimbos com o nome de firmas.
O suposto pastor informou que cobrava uma média de R$ 50 a R$ 100 por documento falso emitido. Tudo foi encaminhado para a 146ª Delegacia de Polícia.

Com informações do G1
Tecnologia do Blogger.