Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Jimmy Carter acredita que Jesus aprovaria casamento entre homossexuais

"Jesus iria encorajar qualquer amor que fosse honesto, sincero, e não magoasse ninguém, e não percebo em que é que o casamento homossexual magoa alguém", disse o antigo presidente dos EUA.
O antigo presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, acredita que Jesus aprovaria o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
O ex-presidente considera-se muito religioso, e fala da sua fé no seu livro A Full Life: Reflections at Ninety (em tradução livre, Uma vida preenchida: Reflexões aos noventa anos). Foi numa entrevista sobre as suas memórias ao canal Internet HuffPost Live que afirmou que a sua crença religiosa não o impede de ver com bons olhos o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
"Acredito que Jesus aprovaria o casamento entre pessoas homossexuais, mas isso é a minha crença pessoal", disse Jimmy Carter, que assumiu não conhecer nenhum verso da Bíblia que se debruçasse explicitamente sobre o tema. "Creio que Jesus iria encorajar qualquer amor que fosse honesto, sincero, e não magoasse ninguém, e não percebo em que é que o casamento homossexual magoa alguém", afirmou o antigo presidente dos Estados Unidos, hoje com 90 anos.
Jimmy Carter foi presidente dos Estados Unidos entre 1977 e 1981, antecedendo Ronald Reagan no posto. Em 2002, venceu o prémio Nobel da Paz.
A afirmação do antigo presidente a favor do casamento entre pessoas homossexuais vem no seguimento de uma decisão histórica do Supremo Tribunal dos Estados Unidos de legalizar essa união ao nível federal, em todos os estados que compõem o país, incluindo naqueles que tinham proibições ou restrições nesse sentido.

Publicado em DN
Tecnologia do Blogger.