Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Sueco consegue fazer pagamentos via implante na mão

Pagamentos via smartphone e smartwatch começam a tornar-se comuns, mas com a mão? A ideia foi de Patric Lanhed, um sueco que conseguiu instalar na pele um chip que lhe permite transferir dinheiro da sua conta bancária para a carteira de Bitcoin.
Lanhede Juanjo Tara, com quem desenvolveu a tecnologia, afirmam que foi o primeiro "biopagamento" via Bitcoin. Num vídeo demonstrativo, é possível ver como a dupla conseguiu transferir o dinheiro de uma conta para a outra.
Só que em vez de escrever manualmente o número da conta, Lanhed aproxima um sensor NFC à sua mão. O chip contem toda a informação sobre a conta escolhida por Lanhed, e através de ondas eletromagnéticas envia os dados do sensor na mão para o que se encontra ligado ao computador, via aplicação – a ideia é semelhante à usada nos smartphones.
O computador reconhece os dados e transmite-os para o software que está a realizar a transferência. "Não vamos ter carteiras cheias de plástico daqui a 20 anos. Estamos no século XXI e ainda usamos carteiras. É ridículo." As palavras são de Tara, ao Mic. Para o engenheiro de software, este sistema pode ser usado para guardar informação de qualquer tipo, desde dados de cartões de crédito a registos médicos, identificação ou dados biométricos para entrada em casa.
A equipa pretende tornar públicos os dados necessários para a construção do chip. Para isso, pretendem que qualquer pessoa consiga implantar qualquer informação que precise.
E não existem questões de segurança? Tara afirma que não: a única forma de roubar informação seria aproximar um outro sensor à mão, o que será difícil de fazer sem que a pessoa se aperceba. Aliás, é um método de segurança porque, como lembra, "ninguém nos pode roubar a mão."

Publicado em Quero Saber


Tecnologia do Blogger.