Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Igreja do Monstro Espaguete Voador abre primeiro templo na Rússia

Seguidores do ‘pastafarianismo’ acreditam que lugar para culto atrairá turistas à cidade de Níjni Nôvgorod. Religião virou notícia após fiéis receberam aval para usar escorredor de macarrão em fotos de documentos oficiais.
Os ‘pastafaris’, como são chamados os fiéis da Igreja do Monstro de Espaguete Voador, querem aumentar o número de turistas em Níjni Nôvgorod, a 500 km a leste de Moscou, graças ao primeiro templo da seita, que abriu as portas no último dia 25.
“Estamos abertos e convidamos todos os fiéis de outras cidades a serem nossos hóspedes. É por isso que acreditamos que o nosso projeto vá impulsionar o potencial turístico de Níjni Nôvgorod”, disse o empresário e líder comunitário Mikhail Iossilevitch, durante a cerimônia de inauguração.
Responsável pela fundação do templo, Iossilevitch diz que a Igreja reúne poetas, músicos, figuras públicas e ativistas ecológicos, entre outros seguidores.
Pelas estimativas do empresário, existem entre 500 e 1.000 ‘pastafaris’ Níjni Nôvgorod, que seguem os três princípios da religião: liberdade de escolha, autoironia e análise crítica.
“O ‘pastafarianismo’ não está se envolve na luta contra qualquer coisa que seja. O propósito e missão desta religião é fazer com que as pessoas olhem para dentro de si mesmas”, diz o líder, acrescentando que, segundo a doutrina, sextas-feiras são dias de descanso, quando os seguidores devem beber muita cerveja e comer macarrão.
Os fiéis da Igreja do Monstro Espaguete Voador acreditam ainda que o mundo teria sido criado por uma criatura alada feita de espaguete e almôndegas de carne, embora a doutrina seja considerada uma “brincadeira” por muitos, diz o site da Igreja.
Em janeiro, o ‘pastafari’ russo Andrêi Filin se tornou a primeira pessoa na Rússia a receber aval para usar um escorredor de macarrão na foto de sua carteira de motorista, tornando-se a quinta pessoa no mundo a usar o objeto na cabeça em uma foto oficial.
O ‘pastafarianismo’, também conhecido como ‘massafaranismo’, é uma religião de origem satírica fundada pelo físico norte-americano Bobby Henderson, em 2005, como um protesto contra as decisões do conselho educacional do estado do Kansas de permitir o ensino do criacionismo em alternativa à teoria da evolução biológica.

Publicado em Gazeta Russa com informações da Interfax


Tecnologia do Blogger.