Header Ads

ATUALIZADAS
recent

"Lúcifer" é preso no interior depois de ir ao Fórum processar Jesus e a Igreja Católica

O 'cramunhão' foi preso por ter mandado de prisão em aberto.
Uma história inusitada chamou a atenção da população de Paranaíba, município distante 413 km da Capital, durante esta semana. Um homem, que se apresentou como ‘Lúcifer’ foi ao Fórum da cidade com a intenção de processar Jesus Cristo e a ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana).
De acordo com o Portal O Interativo, o homem, que não foi identificado, chegou no Juizado Especial Criminal, no Fórum de Paranaíba e se apresentou à servidora que o atendeu como o próprio Satanás. “Eu sou Lúcifer”, disse o homem, que em seguida revelou sua intenção no local: processar o filho de Deus e seus seguidores.
De acordo com o Portal local, o Lúcifer paranaibense, suposto mandatário do trono satânico, estava alterado e se negou a apresentar seus documentos ‘terrenos’. O homem afirmava que não havia necessidade de identificação civil, já que ele era o próprio s’ete-pele’, o ‘encardido’, o ‘cramunhão’, o ‘belzebu’ em pessoa.
A tentativa de apresentação pessoal diabólica não surtiu o efeito esperado na servidora, que chamou os policiais que faziam a segurança do Fórum para intervir na situação. Sem queixa formal ou reclamação procedente, tampouco identificação pessoal, o homem foi convidado a deixar o local.
Todavia, não foi fácil convencer ‘Lúcifer’ a atender o desejo das autoridades policiais. O ‘tinhoso’ se negou e precisou ser algemado. Ele se negava a deixar o Fórum enquanto sua ação contra Jesus Cristo e a Igreja Católica não fosse aceita.
Segundo O Interativo, foi preciso reforço policial para retirada do ‘capeta em pessoa’ do Fórum de Paranaíba. Contido com algemas, o ‘cramunhão em carne e osso’ não apresentou nenhuma resistência sobrenatural e foi levado para a delegacia da cidade.
Coincidência ou não, o tal ‘capeta’ já havia praticado o mal contra outra pessoa e por isso havia um mandado de prisão em aberto com o dito Lúcifer. O homem nem saiu da delegacia, acabou preso.

Publicado em Midiamax


Tecnologia do Blogger.