Header Ads



ATUALIZADAS
recent

10 pessoas que afirmaram ser a reencarnação de Jesus Cristo

Ao longo do tempo, sempre houve homens que afirmavam ser a reencarnação de uma das figuras mais famosas da humanidade: Jesus Cristo. Entretanto, muitos deles fizeram isso para aproveitar a fama e aproveitar dos possíveis seguidores que poderiam ganhar.
Essas pessoas que alegam ser reencarnações de Cristo podem simplesmente alegar que suas ações, boas ou ruins, são parte da obra de Deus. E muitos de seus seguidores não vão questionar isso. Não é de se admirar que ao longo dos anos já tenha aparecido tantas pessoas que alegam ser Jesus.
Às vezes é óbvio que essas pessoas disseram que eram Jesus para tirar proveito de seus seguidores e para obter dinheiro, mulheres ou poder; outras vezes, é claro que algumas dessas pessoas afirmaram ser Jesus simplesmente porque eles eram totalmente insanas. As pessoas tendem a acreditar em qualquer coisa quando se trata de religião, se o seu líder for persuasivo em suas ideias.

10. AJ Miller
Ele fundou em 2007 um grupo chamado “A Verdade Divina” na Austrália. Miller descobriu que ele era Jesus ao longo de um período de uma semana e afirma que ele pode se lembrar de tudo ao longo dos últimos 2.000 anos. Ele inclusive afirmou que ajudou figuras como Platão, Sócrates, Gandhi ao longo dos séculos.
Muitos seguidores de Miller doaram terras para ficarem próximos dele e acompanhar seus passos. Antes de se tornar Jesus, Miller era um membro das Testemunhas de Jeová, até que ele foi expulso por ter deixado sua mulher por outra mulher.

9. Jim Jones
Jones, um dos mais infames líderes de cultos religiosos de todos os tempos. Ele era o chefe da “Igreja dos Povos Infames”. Este falso Jesus organizou um suicídio em massa de mais de 900 seguidores em Jonestown.
Membros de sua igreja foram convencidos a desistir de seu dinheiro, suas casas e até mesmo seus filhos. Jones também teve relações sexuais com muitos membros de sua igreja, às vezes no palco na frente do resto dos membros. Tudo terminou em Jonestown, onde Jones organizou um suicídio em massa e, em seguida, se matou.

8. Sergey Torop
O russo Sergei Torop comanda milhares de seguidores nas Montanhas Sayan da Sibéria. O ex-agente de trânsito anunciou que ele era o filho de Deus em 1990 quando teve uma ‘revelação’.
Ele atende pelo nome de Vissarion e seus seguidores acreditam que ele veio para salvar o mundo. Críticos o acusaram de lavagem cerebral e desvio de dinheiro de muitos de seus seguidores. Aparentemente, Vissarion tem seis filhos e duas mulheres.

7. Shoko Asahara
Asahara é um japonês que foi o líder do grupo religioso Aum Shinrikyo. Ele alegou ser Cristo. Ele publicou um livro sobre suas revelações como “Jesus”. Ele previu o apocalipse e disse que quase todo mundo iria morrer, exceto os poucos que se juntassem a ele.
Ele foi responsável por numerosos ataques terroristas, incluindo um ataque com gás sarin em um metro de Tokyo no qual 13 pessoas morreram. Asahara foi condenado por assassinato e tentativa de derrubar o governo. Ele permanece no corredor da morte.

6. Oscar Ramiro Ortega-Hernandez
Em 2011, Hernandez, um desempregado de 21 anos de idade, disparou 9 tiros na Casa Branca. Ele fez isso porque ele acreditava ser Jesus Cristo, e que ele precisava matar o presidente americano Barack Obama, que ele acreditava ser o anti-Cristo.
Algumas semanas antes do evento, Hernandez começou a contar a conhecidos que Obama estava controlando as pessoas, que ele tinha que ser parado e estava colocando dispositivos de rastreamento em crianças. Ele também enviou um vídeo para Oprah Winfrey afirmando que ele era Jesus Cristo. Ele está cumprindo 25 anos de prisão.

5. Sun Myung Moon
Enquanto seus seguidores acreditavam que ele era o Messias e a segunda vinda de Cristo, para a maioria dos observadores ele era o líder de uma seita. Ele e sua esposa eram considerados também os segundo “Adão e Eva”. A Igreja da Unificação tinha 30.000 membros.
Moon não era nada parecido com Jesus. Ele cumpriu pena na Coreia do Norte por bigamia e adultério e foi preso nos EUA por sonegar impostos. Alguns membros da igreja afirmavam que tinham que fazer sexo com Moon para serem purificados.

4. Marshall Applewhite
Applewhite uma vez postou uma mensagem “Eu, Jesus, Filho de Deus” em um fórum. Bem, tudo bem então. Applewhite então, se tornou líder do infame culto “porta do Céu”. Por que era tão infame? Ele incentivou o suicídio de um grupo de pessoas em 1997.

3. Inri Cristo
Inri Cristo é uma das pessoas mais inofensivas que está na nossa lista. Ele sempre afirma que escuta uma voz poderosa em sua cabeça, mas não percebeu que era Deus até 1978, quando a voz lhe disse que ele era, de fato, Jesus.
Inri Cristo aparece em vários programas de TV, organiza palestras em faculdades mas não teve sucesso no exterior. Ele viajou para mais de 27 países tentando espalhar a sua palavra mas não tem sido muito bem sucedido.

2. David Koresh
Koresh é sem dúvida, um Jesus muito assustador. Enquanto ele nunca realmente disse que ele era Jesus, ele tinha a pretensão de ser o Filho de Deus, o que é praticamente a mesma coisa.
Koresh era o líder do infame culto de Branch Davidian, em Waco, Texas. Koresh era casado inúmeras mulheres que eram suas seguidoras e teve relações sexuais com muitas garotas menores de idade. Ele foi responsabilizado pela morte de muitos de seus seguidores.

1. Apollo Quiboloy
Nosso próximo Jesus vem das Filipinas. Apollo Quiboloy comanda a Igreja restauracionista e afirma que ele é o “Filho de Deus”. Ele conseguiu angariar 4 milhões de seguidores em seu país de origem. Ele foi acusado de lavagem cerebral de seus seguidores e de estar envolvido em assassinatos de pessoas que se recusaram a vender-lhe terras.

Publicado em Fatos Inacreditáveis


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.