Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Homem pede ordem de restrição contra Deus

Um israelita requereu ao tribunal de Primeira Instância de Haifa uma ordem de restrição contra Deus, argumentando que a divindade tem sido pouco bondoso para ele.
No centro da queixa está na "atitude negativa" que Deus apresentou ao queixoso durante três anos. A notícia está a ser avançada pelo jornal Times of Israel. O queixoso, residente de Haifa, cidade situada a norte de Israel, representou-se em tribunal. O relatório de sessão sublinha que "Deus não compareceu em tribunal", mas alguns argumentam que, devido à sua Omnipresença, talvez ele estivesse a exercer o seu direito de ficar em silêncio.
O juiz Ahsan Canaan negou o requerimento, dizendo que o queixoso era "louco", acrescentando que "não precisava de ajuda de tribunal", mas sim de "outro local".
O queixoso, cujo nome não estava mencionado no relatório de sessão, sublinhou que já tinha pedido à polícia local a mesma ordem de restrição há três anos.

Publicado em Sábado


Tecnologia do Blogger.