Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Mãe influencia na leitura e a Bíblia é o livro mais lido, diz pesquisa

O X da questão sobre o leitor brasileiro e como se comporta diante das ferramentas digitais foram discussões da 16ª Flip (Festa Literária Internacional de Paraty (RJ)), que acontece de 29 de junho a 3 de julho. O debate foi com base na pesquisa do Instituto Pró-Livro – que revelou que 56% dos brasileiros têm hábito de ler e que o livro mais lido é a Bíblia, que chega a 42% dos pesquisados. Uma constatação do estudo é que a mãe e o professor são os que mais influenciam para se ter um futuro leitor.
O escritor Marcílio França Filho, mestre em teoria da literatura pela UFMG, lembrou de Macedônio Fernandez para questionar a pesquisa, destacando que existem vários tipos de leitores. Entre eles, o leitor de vitrine, o recolhido, o resoluto, indeciso, continuo e o que ler saltando. Marcílio questiona a pesquisa querendo saber onde se encaixa o leitor que ler fragmentado, principalmente na era da internet. Na metodologia da pesquisa, para ser leitor é necessário ter lido ao menos um livro nos últimos três meses. Foram ouvidos 5 mil pessoas entrevistadas no período de 23 de novembro a 14 de dezembro de 2015.
Já a escritora e ganhadora do prêmio Jabuti, Neca Setúbal, destacou que é preciso pensar na juventude. Segundo ela, a leitura, a escola e a literatura fazem uma conexão com o mundo.
“A internet abre mundos dispersos, a literatura também, mas com um olhar da imaginação, dos sonhos, da arte. A literatura é a fonte de riqueza da alma, além de formar vocabulário”.

Importância da mãe e do professor na leitura
Neca Setúbal alerta que é preciso que a família trabalhe situação desde bebê para que ele seja ligado à leitura.
“Quem mais influencia e que dá dica sobre livro é a mãe e o professor, segundo a pesquisa e eu falo da importância de você ter um País com maior acesso a educação. Dados mostram que 66% das mulheres têm ensino médio completo, quando há 10 anos tinha um número de 25%. Isso é um salto muito grande e vai ter um impacto nas crianças, porque a mãe tem muita importância na educação e na indicação de livros”.

Bíblia
No levantamento, o livro mais lido pelo brasileiro é a Bíblia. Marcílio França diz que a pesquisa chama atenção ao afirmar que a leitura está conectada a ordem religiosa, ao trabalho e a televisão.
“É preciso desmontar isso para que a leitura seja mais diversificada. Não tenho nada contra a Bíblia, é preciso ler até bula de remédio, a minha questão é a ordem de leitura”.
No debate, Neca Setúbal ressaltou o fenômeno do Harry Pottter e disse que o sucesso da saga pode está indicando que o livro não pode ficar sozinho.
“Não é só o livro, tem filmes, jogos, quadrinhos, bonecos. O Harry Potter é um exemplo emblemático. Isso mostra que o livro não perde seu valor se vier com outras manifestações culturais”.

Publicado em Cidade Verde


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.