Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Billy Graham pede que cristãos não usem a Bíblia para fazer “adivinhações”

Evangelista afirma que não há ‘códigos secretos’ nas Escrituras
Billy Graham pede que cristãos não usem a Bíblia para fazer “adivinhações” Billy Graham pede que cristãos não usem a Bíblia para fazer “adivinhações” Em sua já conhecida sessão de perguntas e respostas publicada no site da Associação Evangelística que leva o seu nome, Billy Graham foi questionado sobre a veracidade do chamado “Código da Bíblia” e se os cristãos devem segui-lo.
Além do livro polêmico com esse nome, publicado em 2003 pelo matemático israelense Eliyahu Rips e o jornalista americano Michael Drosnin, o método de procurar “previsões” nas letras do texto original da Torá com certa frequência é mencionado por rabinos. Ele faz parte de uma antiga tradição mística judaica, relacionada com a Cabala.
O leitor do site perguntou ao evangelista: “Meu amigo acredita que a Bíblia foi escrita em algum tipo de código secreto e que contém todo tipo de mensagem oculta sobre o futuro. Até me mostrou um livro que supostamente explica tudo isso. Ele poderia estar certo?”
O pregador de 98 anos respondeu que as reivindicações da existência de um “Código da Bíblia” são falsas, pedindo também que os cristãos não depositem sua confiança nessas ideias.
“Não, essas especulações não são verdadeiras. Você não deve acreditar nelas – por mais convincentes que pareçam”, escreveu Graham. “Um especialista em computação disse-me certa vez que poderia fabricar uma” mensagem secreta “em quase qualquer texto de literatura, se ele apenas tentasse um número suficiente de vezes e tivesse um computador poderoso o suficiente para isso!”
Em seguida, Graham explicou que “Quando os profetas do Antigo Testamento entregavam a mensagem que Deus tinha lhes dado, seus ouvintes a compreendiam (mesmo que nem sempre a obedecessem). Quando Jesus pregou aos milhares que se aglomeravam para ouvi-Lo, usou palavras que todos podiam facilmente entender”.
Citando trechos da Bíblia, lembrou que Deus disse ao profeta Habacuque que escrevesse a revelação e que ela fosse compreensível (Hb 2: 2), enfatizando também que quando Paulo e os outros apóstolos escreveram cartas aos primeiros cristãos, sua mensagem era clara.
Finalizou dizendo que a mensagem clara da Bíblia é sobre Jesus Cristo e seu amor por nós. Se há algum empecilho para se entender a mensagem ele deixa de existir quando abrimos nosso coração para Deus.


Previsões certas e erradas
Nos meses que antecederam a eleição, defensores do Código da Bíblia fizeram diferentes previsões sobre quem seria eleito o próximo presidente dos EUA. Um especialista afirmava que Donald Trump iria vencer, enquanto outro insistia que Hillary Clinton seria vitoriosa.
Matt Slick, fundador e presidente do Christian Apologetics and Research Ministry, afirmou ao The Christian Post: “Definitivamente há padrões numéricos nas Escrituras, que às vezes são muito interessantes e convincentes. No entanto, o conceito de um código da Bíblia, na minha opinião, parece um pouco exagerado”.
“Pelo que eu entendo, o mesmo conceito aplicado em outros livros, como Moby Dick, por exemplo, pode produzir resultados semelhantes… Então, eu não coloco muita credibilidade nele.”

Publicado em GP
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.