Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Presidente filipino zomba da Igreja católica de seu país


O presidente filipino, Rodrigo Duterte, zombou nesta quarta-feira dos sacerdotes e bispos católicos do país, incitando-os a consumir metanfetaminas e acusando-os de "hipocrisia" por criticar sua violenta guerra contra o narcotráfico.
Duterte atacou os religiosos em resposta às críticas da poderosa Igreja católica, que lançou uma cruzada contra a mortífera guerra às drogas.
Duterte afirmou que os padres das paróquias do país estão bem cientes da amplitude do problema das drogas ilegais, mas que os chefes da Igreja que criticam as "execuções extrajudiciais" não têm ideia.
"Os padres deveriam tomar shabu para entender. Recomendo que um ou dois bispos também o tomem", disse Duterte referindo-se ao nome local da metanfetamina, a droga ilegal mais utilizada no país.
Duterte, que no passado disse ter várias amantes, buscou desacreditar os líderes da Igreja, acusando-os de violar seus próprios votos de castidade.
"Somos iguais, com duas, três mulheres. Não me provoquem... que hipocrisia", disse Duterte, de 71 anos.
O presidente também acusou a Igreja católica do país de ter influenciado para suprimir a divulgação de um filme, sem especificar qual, que, segundo ele, aborda o tema da "homossexualidade dos padres".
Duterte discursou para defender sua campanha contra o tráfico de drogas durante uma visita a um hospital no norte das Filipinas transmitida pela televisão.
Ele venceu as eleições presidenciais de 2016 depois de prometer que mataria milhares de criminosos para erradicar o tráfico de drogas, um dos flagelos da sociedade filipina.

Publicado em BOL


Tecnologia do Blogger.