Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Mulher que diz ser “Deus na terra” atrai multidões na África


Na Santíssima Igreja de Jesus Cristo de Baname, em Benin, África, milhares de fiéis se reúnem para adorar a Deus. Porém, para eles a divindade está encarnada em uma mulher de 25 anos, que promete acabar com o reinado do diabo na terra.


Vicentia Tadagbe Tchranvoukinni, que chama a si mesmo de “Perfeita” e “Espírito Santo de Deus”. Ela promete expulsar os demônios que dominam o país, numa referência ao vodu, religião mais praticada no país.
Misturando o discurso de igrejas pentecostais, da qual ela fazia parte, com rituais católicos – desde que se juntou a um ex-padre que agora se declara “papa” – a Santíssima Igreja atraiu até o presidente da república.


Sua presença carismática e os confrontos com outras religiões a fizeram conhecida no país inteiro recentemente. Primeiro por que foi expulsa do organismo que reúne as igrejas cristãs de Benin e, mais recentemente, quando cinco fiéis morreram em um ritual liderado por ela.
Em meados de janeiro, cinco seguidores sufocaram até a morte após serem trancados em um quarto onde deveriam orar por libertação. A fumaça do incenso aceso no local provocou asfixia. Até o momento, nem ela nem a liderança da igreja foram responsabilizados.


Todos os domingos, milhares de seguidores sobem uma colina no distrito de Zou, em Baname, a 130 quilômetros ao norte da capital, para ouvir Vicentia pregar. Fundada em 2009, sua igreja – classificada hoje como seita – cresceu rapidamente em todo o país.

Publicado originalmente em AFP via Verdade Alagoas
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.